RN registra queda de 15% de movimento no aeroporto

Comparado a outros estados, o RN ficou na penúltima colocação do Nordeste. O dado configura o pior mês de julho desde 2010.

Marília Rocha,

AERO-PA crise no turismo no Rio Grande do Norte enfrenta mais um dado negativo, além da queda na ocupação hoteleira e nos bares e restaurantes: a retração de 15% no movimento de turistas embarcando e desembarcando em Natal. Os dados foram apresentados pela Associação Brasileira das Indústrias de Hotéis (ABIH). 

De acordo com os dados da ABIH, o Aeroporto Internacional Augusto Severo sofreu em julho deste ano uma queda de 14,9% no número total de passageiros - nacionais e internacionais – quando em comparação ao mesmo período de 2012.

A informação é da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) em seu levantamento mensal dos aeroportos brasileiros. Comparado a outros estados do Nordeste, o Rio Grande do Norte ficou na penúltima colocação. O dado configura o pior mês de julho entre os anos de 2010 e 2013.

Em números, a redução de 14,9% representa uma queda de 36.743 passageiros no comparativo entre os anos. O aeroporto também apresentou queda no volume total de passageiros em todos os meses de janeiro a julho de 2013 em relação ao mesmo período de 2012 e também em relação a 2011.

Além disso, o Augusto Severo teve o pior desempenho de todos os aeroportos das capitais do Nordeste com relação ao crescimento da quantidade total de passageiros no período de janeiro a julho de 2013 em relação ao mesmo período de 2011.

Das nove capitais do Nordeste, os aeroportos de Natal (-8,4%), Salvador (-8,0%), Teresina (-0,9%) e São Luís (-0,9%) tiveram perdas de passageiros no período de janeiro a julho de 2013 em relação ao mesmo período de 2011.

Tags: abih aeroporto natal turismo
A+ A-