Prefeitura quer resolver questão dos hotéis da BRA e Reis Magos

Fernando Bezerril da pasta municipal do Turismo foi entrevistado por Diógenes Dantas no RN Acontece da Band.

Marília Rocha,
Gerlane Lima / Nominuto

A revitalização, reforma e construção de novos espaços no turismo é uma das metas da Prefeitura de Natal. Para falar sobre os projetos que estão sendo feitos na capital, o secretário municipal de Turismo, Fernando Bezerril foi entrevistado pelo jornalista Diógenes Dantas no programa RN Acontece da Band nesta sexta-feira (13).

Fernando Bezerril comentou sobre a situação de "abandono" dos hotéis de Natal - tanto o Reis Magos que fica na Praia do Meio - quanto o hotel da BRA na Via Costeira. “Estamos tentando resolver o processo de como será a reforma e volta das atividades do hotel mais antigo de Natal [Reis Magos] que foi sucesso na década de 60”, contou.

Segundo o secretário, a Prefeitura já recebeu propostas pra o hotel, mas não “fechou” acordo porque a empresa pernambucana queria construir mais andares do que o permitido pelo Plano Diretor de Natal. “Estamos aguardando a resposta do grupo de Recife, que é uma empresa sólida com mais de 50 anos de atuação no mercado pernambucano”, explicou o secretário. Caso a empresa não corresponda a expectativa da Prefeitura, o secretário comentou que existe a possibilidade de desapropriação do espaço e construção de um albergue no local. 

O outro hotel que terá solução planejada pela Prefeitura de Natal é o da empresa BRA, na Via Costeira. “Ali é uma área nobre, um corredor turístico que está sofrendo e pretendemos recuperar a área o mais rápido possível”, justificou.

O secretário contou que a praia estava “esquecida” pela antiga gestão e que está sendo recuperada pela nova administração que assumiu em janeiro. “Estamos - aos poucos -recuperando a praia. Na próxima segunda, o prefeito irá assinar a ordem de serviço para a reestruturação da orla de Ponta Negra à Praia do Forte com investimentos de R$ 14 milhões”, detalhou.

O prazo para finalização das obras é até o fim do ano e a conclusão de todas as obras até maio do próximo ano. “Iremos trabalhar na construção de quiosques, ciclovias e bancos para quem frequenta a praia. Além disso estamos cuidando da sinalização turística que será iniciada nos próximos 30 dias”, comemora o secretário.

Natal hoje possui 30 mil leitos, número superior a capital pernambucana que possui apenas 18 mil e um pouco menor do que a capital paulista, com 40 mil leitos.

Durante a entrevista, o secretário municipal de Turismo citou ainda os projetos em andamento da pasta como a o projeto da Marina de Natal que ganhou conotação essa semana com o anúncio da saída dos cruzeiros marítimos da cidade.

Confira a entrevista do secretário:


A+ A-