Fernando de Noronha agora só com vacinação completa 14 dias antes

Viajante precisa estar 100% imunizado: ter tomado duas doses ou a única. Destino em Pernambuco tem WhatsApp para tirar dúvidas de segunda a sexta.

Da redação, Estadão Conteúdo ,
Arquivo/Turismo
A partir de hoje, 1º de dezembro, Fernando de Noronha exige que o visitante esteja imunizado há pelo menos 14 dias.

Agora fazer turismo em Fernando de Noronha só com duas doses de vacina ou a dose única. A partir de hoje (1º), o destino de Pernambuco exige que o visitante esteja imunizado há pelo menos 14 dias. Desde 1º de outubro, a administração do arquipélago já havia adotado um protocolo de transição, com exigência de vacinação completa ou a primeira dose mais exame PCR. Daqui por diante, apenas 100% imunizados podem embarcar para lá.

No momento do check-in do voo, o viajante mostra a carteira digital de vacinação, seja por meio do ConecteSUS ou outro portal oficial de instituições de governos estaduais ou federal. Veja como emitir seu certificado de vacinação digital em português, espanhol e inglês para usar em viagens.

Para crianças e adolescentes de 7 a 17 anos que ainda não foram vacinados, é necessário mostrar exame RT-PCR ou IgG por sorologia, realizados 48 horas antes do embarque em laboratório. Teste rápidos ou de busca de antígenos não são aceitos para a viagem a Fernando de Noronha. Pequenos de até 6 anos não precisam apresentar testes.

Para tirar dúvidas sobre Noronha por WhatsApp

Para tirar dúvidas sobre essa mudança e os protocolos adotados, o destino divulgou números de telefone com WhatsApp de sua equipe de vigilância. Anote aí: (81) 98494-0313; (81) 98494-0520; (81) 99488-4366.

O uso de máscara em Noronha não é mais obrigatório desde 17 de novembro, quando a pessoa está ao ar livre em espaços abertos. Atenção: em ambientes fechados, o acessório cobrindo nariz e boca ainda é exigido como forma de proteção. O destino já está com 100% da sua população adulta 100% vacinada.

Tags: Fernando de Noronha vacina
A+ A-