Brasileiros estão mais otimistas para viajar, aponta pesquisa do setor

Levantamento da Wise indica que 55% dos viajantes que costumam viajar para fora do Brasil estão planejando uma viagem internacional nos próximos 12 meses.

Da redação,
Agência Brasil/EBC
40% dizem que as variantes da Covid os deixaram um pouco menos confortáveis com as viagens internacionais, o número é 8% menor que em 2021.

Os brasileiros estão mais entusiasmados para viajar internacionalmente e menos receosos com a Covid, porém mais preocupados com as restrições nas fronteiras. A descoberta é de uma pesquisa encomendada pela Wise (ex-Transferwise) e conduzida pela Morning Consult, que ouviu viajantes internacionais brasileiros.

Segundo o estudo, mais da metade dos entrevistados (55%) está planejando uma viagem para outro país nos próximos 12 meses – o número é 8% maior do que em agosto de 2021 (47%), quando foi realizada a primeira edição do levantamento. Além disso, um em cada três (32%) turistas internacionais brasileiros visitou outro país nos últimos 12 meses. As principais motivações foram visitar amigos e parentes (44%) e conhecer um local desejado (45%). Já os principais destinos foram os EUA (45%), a Europa (27%) e a América Latina (22%) – os três locais também são os mais almejados entre aqueles que estão planejando viajar em breve, na mesma ordem.

Preocupação com variantes da Covid cai, mas cresce apreensão com restrições

O levantamento ainda avaliou o impacto das variantes da Covid nos planos de viagem. Dois em cada cinco respondentes (40%) dizem que as variantes da Covid os deixaram, no mínimo, um pouco menos confortáveis com as viagens internacionais – o número é 8% menor do que em agosto de 2021.

A preocupação com as variantes da Covid teve uma queda acentuada entre pais com filhos com menos de 18 anos (35%, em comparação com 48% em agosto) e entre aqueles com renda de até R$ 4.999 (38%, ante 53% em agosto).

Enquanto a apreensão relacionada às variantes da Covid diminui, as restrições nas fronteiras, por outro lado, têm dificultado os planos de viagem. Dois terços dos turistas internacionais brasileiros (67%) concordam que as novas restrições de entrada e as regras de quarentena fizeram diminuir o interesse em viajar internacionalmente – 6% a mais do que em agosto de 2021.

Mas nem todos os brasileiros se sentem à vontade para viajar em meio à pandemia. Entre os respondentes que afirmaram não estar planejando uma viagem no próximo ano, os principais motivos são a Covid (58%), a impossibilidade de pagar a viagem que gostariam (31%) e as taxas de câmbio desfavoráveis (31%).

Tags: ABIH Brasil Turismo
A+ A-