Álvaro Dias busca recursos para desenvolver Turismo Náutico em Natal

Para o prefeito, capital tem a proposta de agregar o segmento à sua atividade turística. A prefeitura tem o plano de construir a primeira Marina da cidade.

Da redação,
Secom
Coordenada pelo Ministério do Turismo, a cerimônia foi realizada no Clube Naval de Brasília e contou com a participação de diversas autoridades.

O prefeito Álvaro Dias participou na tarde de ontem (8), em Brasília, de evento voltado à apresentação de projetos para desenvolver o turismo náutico. Natal tem a proposta de agregar o segmento à sua atividade turística. A Prefeitura tem o plano de construir a primeira Marina da cidade.

Coordenada pelo Ministério do Turismo, a cerimônia foi realizada no Clube Naval de Brasília e contou com a participação de diversas autoridades. Além do ministro da pasta, Gilson Machado, estavam presentes a primeira-dama do país, Michelle Bolsonaro, e os ministros da Economia, Paulo Guedes; da Saúde, Marcelo Queiroga; do Trabalho e da Previdência Social, Onyx Lorenzoni; do Meio-Ambiente, Joaquim Leite; o senador e ex-presidente Fernando Collor, além de personalidades do setor, como os velejadores Amyr Klink e Lars Grael.

Para o prefeito Álvaro Dias, Natal tem todas as condições de avançar ainda mais como destino turístico ao apostar na Marina e na atividade náutica. “Já estamos em estudos para a construção de uma Marina, por ser um empreendimento que possibilitará a vinda de mais investimentos e a atração de um público totalmente novo para Natal. É mais um ramo  do Turismo que Natal passa a agregar, ampliando seu potencial de geração de emprego e renda do setor”, avaliou ele, que participou do evento em Brasília acompanhado dos secretários municipais de Turismo, Fernando Fernandes; de Meio-Ambiente e Urbanismo, Thiago Mesquita; do consultor do Município, Genildo Pereira; e do secretário-adjunto de Comunicação Social, Marcos Alexandre.

As ações anunciadas pelo Ministério para o desenvolvimento do turismo náutico estão divididas em quatro eixos: 1) Isenção de tributos para a aquisição de embarcações como veleiros e jet-skis; 2) Capacitação e reconhecimento profissional para condutores náuticos; 3) Oferta de crédito; 4) Melhoria da infraestrutura.

“O Brasil apresenta um dos maiores potenciais de desenvolvimento do turismo náutico no mundo, com cerca de 8.500 quilômetros de litoral, 35 mil quilômetros de rios e canais navegáveis e mais 9.260 quilômetros de margens de reservatórios de água doce, lagos e lagoas”, destacou o ministro do Turismo, Gilson Machado.

Tags: Prefeitura do Natal Turismo
A+ A-