STTU descarta aumento na passagem de ônibus

Com reajuste nos salários dos rodoviários, Seturn cobra medidas para equilibrar despesas.

Rafael Araújo ,
Ricardo Júnior/Nominuto
Apesar do reajuste no salário dos rodoviários, Secretaria de Mobilidade urbana descarta qualquer aumento na passagem dos ônibus urbanos.

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) descartou qualquer aumento no valor da passagem de ônibus. Apesar do reajuste de 10% no salário dos rodoviários, concedido na última terça-feira (7), a pasta não cogita a possibilidade de elevação no valor da tarifa.

Segundo o sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros do Município (Seturn), eles ainda não foram notificados pela STTU sobre o descarte de aumento. Contudo, como mencionado anteriormente, a própria Secretaria de Mobilidade Urbana já divulgou que não há possibilidade de reajuste.

A passagem de ônibus em Natal já havia sofrido reajuste no dia 31 de janeiro deste ano, quando a tarifa subiu de R$ 2,65 para R$ 2,90. Na época, a secretária de Mobilidade Urbana, Elequicina dos Santos, revelou que o aumento era necessário para manter o equilíbrio tarifário.

Agora, com o aumento concedido aos rodoviários, o consultor técnico da Seturn, Nilson Queiroga, lamentou que a STTU não irá reajustar o valor da passagem. “Essa posição da secretaria traz um grave prejuízo aos empresários, pois as empresas não têm como operar desta forma. Se não houver aumento na passagem, a prefeitura tem que, no mínimo, procurar alternativas para manter o equilíbrio tarifário, seja desonerando impostos ou buscando outras medidas”, destaca.

Queiroga acredita que o sistema do transporte coletivo de Natal seja obsoleto e insustentável. “É preciso ter uma mudança na rede operacional, enquanto isso não acontecer vai encarecer a passagem”, comentou.

Tags: Cidades Natal STTU Trânsito
A+ A-