Rodoviários mantêm greve e circulação dos ônibus continua comprometida

Com paralisação desde segunda, sindicato cobra pagamento de salários e benefícios em atraso.

Rafael Araújo,
Sintro
Trabalhadores rodoviários estão em greve desde segunda-feira por causa da falta de pagamento de salários e benefícios trabalhistas.

Os trabalhadores rodoviários seguem em greve reivindicando o pagamento de salários e benefícios em atraso. A paralisação iniciada na última segunda-feira (22), se mantém nesta quarta-feira (24), onde apenas os ônibus da empresa cidade do Natal saíram da garagem com frota normal para o dia.

Apesar da greve dos rodoviários, cerca de 30 a 40% da frota de ônibus da cidade está em circulação. Com a manifestação, os trabalhadores querem que as empresas mantenham o pagamento de vale-alimentação e plano de saúde.

A questão de cunho trabalhista está sendo mediada pela Justiça do Trabalho já que a data base da categoria acontece no mês de maio, mas ainda não foi firmado o dissidio coletivo. Enquanto perdurar a greve, a STTU autorizou alternativos, empresas de fretamento e de transporte por aplicativo atuarem na cidade.

De acordo com informações da STTU, apenas os ônibus da empresa cidade do Natal saíram da garagem nesta manhã. Apesar disso, mesmo diante do movimento grevista, os trabalhadores tem que garantir a circulação de pelo menos 30% da frota urbana.

Tags: Transportes
A+ A-