Recorrência de mortes acende alerta para motoristas de aplicativos

Especialista destaca medidas que podem ajudar a prevenir crimes; confira as dicas de segurança.

Da redação, Estadão Conteúdo,
GABRIELA BILO / ESTADAO
Número crescente de morte de motoristas de aplicativos acende alerta para quem depende deste trabalho como fonte de renda.
No terceiro caso em menos de uma semana, mais um motorista de aplicativo foi morto na Grande São Paulo. Elvis Souza Leite, de 41 anos, foi enforcado com um cinto de segurança na noite desta quarta-feira (18) em Itaquaquecetuba. O número acende um alerta para quem depende desse trabalho como fonte de renda. 

Especialista em segurança, Jorge Lordello destacou medidas necessárias para que os condutores diminuam os riscos na rotina de trabalho e se previnam de casos de violência. Optar por não receber dinheiro e trabalhar somente com pagamento em cartão está entre as orientações. Veja as medidas de segurança: 

- Definir a área por onde pretende trabalhar; 

- Manter o vidro um pouco aberto e manter as portas travadas, até a confirmação do passageiro; 

-  Evitar trabalhar em período noturno e madrugada; 

- Escolher não receber dinheiro, somente cartão, que é mais seguro;

- Quando for solicitado por uma pessoa e no local se deparar com outra, não aceite a corrida; é melhor não arriscar;

- Apoie o aparelho celular no console do carro; evite deixá-lo à mostra; 

- Identificar o carro com adesivos da empresa que você está prestando serviço; 

- O ideal é aceitar somente corridas via aplicativos; tudo que foge do profissionalismo é perigoso. 

Para o especialista, é importante que os aplicativos passem a mostrar quantas pessoas irão entrar no carro, o que seria mais um elemento de segurança para o condutor. 

Aos passageiros, ele lembra, é importante observar alguns pontos, para evitar situações de perigo, entre elas: 

- A avaliação do motorista é um ponto importante para manter ou cancelar o chamado; 

- Ao solicitar a corrida, o usuário deve pedir o carro dentro de algum local;

- Confirmar a placa do carro e o nome do condutor; 

- Sempre sentar no banco de trás; 

- Evitar conversas; 

- Não solicitar a corrida em situação de vulnerabilidade; 

- Não participar de corrida junto com outras pessoas desconhecidas; 

- Se perceber algo estranho, pedir para parar em local movimentado e sair do carro.

Tags: Motoristas de aplicativo Transportes
A+ A-