Motoristas e cobradores de ônibus marcam greve para próxima terça-feira

Sindicato da categoria rejeitou proposta da Seturn e reivindica reajuste salarial acima da inflação taxada em 9.28%.

Allan Dubeux,

Motoristas e cobradores de ônibus decidiram marcar para a próxima terça-feira (7), às 0h uma possível paralisação das funções da classe. O indicativo de greve foi aprovado em duas assembleias realizadas ontem (31), na av. Coronel José Bernardo, região do Viaduto do Baldo, zona Leste da cidade.

A categoria só não vai suspender suas atividades caso o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro), chegue a um acordo com o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Natal (Seturn) nas reuniões marcadas para sexta-feira (3) e segunda-feira (6).

De acordo com informações da diretoria do Sintro, a proposta da Seturn inclui 4.79% de reajuste salarial, extinção da função de cobrador e o recebimento dos salários passaria de quinzenal para mensal.

A categoria, no entanto, rejeitou a proposta, e deliberou indicativo de greve na intenção de conseguir 14.28% de reajuste salarial, 9.28% relativo a inflação mais 5% de ganhos reais. Além de garantir que 80% das linhas tenham cobradores, estabelecer valor unificado de R$350 para vale alimentação e o fim do banco de horas.  

A greve da categoria estava prevista para começar sábado (4), mas os rodoviários atenderam ao pedido do Ministério Público do Trabalho para que a paralisação só fosse realizada caso não houvesse acordo na reunião marcada para segunda-feira dia (6).  

O Sintro pretende continuar realizando intervenções até lá, no entanto, sem paralização dos serviços nem fechamento das garagens. 

Tags: greve sintro/RN transporte
A+ A-