STTU anuncia faixa reversível na Ponte de Igapó a partir de amanhã

Ao todo, no local, operam 29 linhas de transporte público urbano que fazem 1.300 viagens.

Da redação, STTU,
Divulgação/STTU
Operação vai contar com 25 agentes de mobilidade e seis viaturas, incluindo um guincho para desobstrução da via, caso ncessário.

Continuando uma série de medidas para diminuir o tempo de viagem do transporte público no trânsito, a STTU informa que a partir desta quarta-feira (10), das 6h às 9h, a Ponte de Igapó ganhará uma faixa reversível. A faixa será aberta logo após ao Hospital Hapvida, nos mesmos moldes da que foi feita na Ponte Newton Navarro. A faixa prioritária para o transporte público permanece com o mesmo objetivo de diminuir o tempo de viagem. 

A STTU iniciou ontem (8) os testes e monitoramento do transporte da capital e foi observado um menor volume de passageiros no transporte no horário de pico desta manhã. Na operação de hoje foi para avaliação. Foram colhidos dados necessários que varia desde o registro de GPS, taxas de congestionamento, tempo de deslocamento e volume de tráfego”,  ressalta o titular da STTU, Paulo César Medeiros.

A operação vai contar com 25 agentes de mobilidade e seis viaturas, incluindo um caminhão guincho para desobstrução da via em caso de acidente ou algum problema na via.

Ponte Newton Navarro

Para dar suporte aos demais veículos, a STTU implantou uma faixa reversível na Ponte Newton Navarro para não sobrecarregar o sistema viário da avenida Felizardo Moura. A STTU recomenda que as pessoas que necessitem a transitar nesses corredores antecipe ou retarde sua saída. 

Ao todo, na Ponte de Igapó operam  29 linhas de transporte público urbano que fazem 1.300 viagens. Já na Ponte Newton Navarro são cinco linhas de ônibus que realizam, em média, 200 viagens por dia.

Tags: faixa reversível Ponte de Igapó STTU trânsito
A+ A-