Com apoio da tecnologia, Detran-RN passa a dar mais celeridade aos serviços

Diretor-geral do Detran relatou que a vistoria eletrônica dos veículos foi implantada em todas as unidades do órgão. Ele também contou o Departamento está testando o emplacamento no formato 100% digital.

Da redação,
Reprodução
Jonielson também relatou que a vistoria eletrônica dos veículos foi implantada em todas as unidades do Detran.

Com a pandemia e a necessidade de evitar aglomerações, o Detran-RN precisou se reinventar e aperfeiçoar o atendimento para evitar que o usuário se deslocasse para realizar os serviços. O Rio Grande do Norte já implantou a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLV) no formato digital.

Além disso, os serviços de marcação de avaliação médica, psicológica também podem ser feitos online, através do site do Detran. O diretor-geral do Detran-RN, Jonielson Perreira falou sobre essa modernização em entrevista ao Diálogos Nominuto desta quinta-feira (21).

“É importante modernizar, a tecnologia veio para dar celeridade a vida do usuário. Com a pandemia, essa necessidade ficou mais latente. Hoje o nosso processo de habilitação começa pela internet e o condutor não precisa se deslocar para vários pontos. Isso trouxe conforto e descentralizou o serviço”, frisou. 

Jonielson também relatou que a vistoria eletrônica dos veículos foi implantada em todas as unidades do Detran. O diretor-geral contou que o Departamento está testando o emplacamento no formato 100% digital. Ele pontuou também a facilidade da CNH e da CRLV digital.

“Hoje o usuário não precisa aguardar o documento chegar pelo correio”, afirmou.

jonielson-hh

Sobre a Semana Nacional de Trânsito, que aconteceu de 18 a 25 de setembro, com o tema: “No trânsito, sua responsabilidade salva vidas”, o diretor-geral pontuou a importância da iniciativa para educar os condutores. 

“Para ter cidadão mais educado no trânsito é preciso fazer campanhas educativas, levando para a sociedade a importância de ter a observância nas leis de trânsito”, disse.

Ele frisou que as maiores causas de acidente de trânsito são avanço de sinal vermelho, excesso de velocidade e dirigir sob efeito de álcool. Ele ressaltou a necessidade dos condutores seguirem medidas para garantir a segurança no trânsito.

Já a respeito do programa do Governo do Estado, CNH Popular, Jonielson explicou que o público alvo da ação são as pessoas que precisam da habilitação para desempenhar seu trabalho.

“O objetivo do programa é trazer a legalidade para aquelas pessoas que não tem condições de tirar a habilitação”, disse.

De acordo come ele, foi investido um valor de aproximadamente de R$ 600 mil. O diretor-geral ainda destacou a intenção da ampliação no número de vagas do programa para 2022.

“Isso é inclusão social, é oportunidade de trabalho, é um serviço que veio para ficar, e estamos trabalhando para conceder mais vagas a sociedade”, afirmou.

Tags: cnh Detran trânsito
A+ A-