Campanha orienta motoristas sobre o uso correto da rotatória

Tem a preferência aquele veículo que já estiver em circulação na rotatória.

Da redação, Prefeitura do Natal,

Natal possui diversas rotatórias espalhadas pelos quatro cantos da cidade que garantem a seguranças e a fluidez no trânsito de veículos sem a necessidade de espera dos semáforos.

Mas, afinal você sabe usar a rotatória de forma correta? Em Natal (RN), para responder essa pergunta a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) iniciou uma campanha para conscientizar condutores de veículos, motocicletas e até ciclistas sobre o uso correto deste importante instrumento de sinalização.

A ação educativa começou nesta terça-feira (2) na rotatória do cruzamento da avenida Amintas Barros com a rua dos Tororós, no bairro de Lagoa Nova e deverá gradativamente chegar às demais regiões da cidade. O objetivo da ação é orientar os motoristas sobre o uso correto das rotatórias e conscientizar os condutores sobre a importância de respeitar a sinalização.

De acordo com o artigo 29 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), tem a preferência na rotatória aquele veículo que já estiver em circulação. Isso significa que, mesmo que o motorista esteja parado, ele deve esperar aquele que estiver circulando passar. Outra importante regra é o uso da seta para sinalizar a direção a ser tomada. A seta deve ser usada sempre que o motorista for mudar a direção, seja para sair da rotatória ou mesmo para mudar de faixa.

Para a secretária da STTU, Elequicina Maria dos Santos “a implantação das rotatórias tem se mostrado uma eficiente solução para disciplinar o fluxo de veículos nas áreas críticas do sistema viário, onde não existem os semáforos. Isso porque o dispositivo contribui diretamente para redução do número de acidentes de trânsito”.

De acordo com o diretor do Departamento de Engenharia da STTU, Marconi Spínola além de ser um importante instrumento na prevenção de acidentes, a rotatória apresenta outras vantagens em relação aos dispositivos eletrônicos de segurança no trânsito. “Pois, organiza o volume de tráfego nos cruzamentos, possui baixo custo de implantação, é instalada rapidamente e é de fácil manutenção”.

Tags: Cidades Natal trânsito
A+ A-