RondaS completa 4 anos com 80 mil patrulhamentos nas unidades de saúde

Dados estatísticos foram divulgados pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social.

Da redação, Prefeitura do Natal,
Ascom/Prefeitura do Natal
Em quatro anos de atuação, a Guarda Municipal do Natal ampliou o patrulhamento, efetivando aproximadamente 80 mil visitas.

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) divulgou, por meio da coordenação da Ronda Saúde da Guarda Municipal do Natal (RondaS/GMN), dados estatísticos apontando as ações de segurança preventiva realizadas durante os quatro anos (2016-2020) de atividade nas 98 unidades de saúde municipais distribuídas nos cinco distritos sanitários da capital.  

O documento mostra a ampliação do patrulhamento com aproximadamente 80 mil visitas efetivadas por guarda municipais no decorrer dos quatro anos de atuação do projeto de segurança preventiva.

O dado aponta que foram realizados uma média de 1.667 patrulhamentos mensais nas unidades básicas de saúde (UBS), Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), hospitais e maternidades municipais. Foram 3.467 chamados diretos de intervenção dos guardas municipais para solucionar questões relacionadas a algum tipo de distúrbio ou delito, sendo que cerca de 68% desse total de ocorrências aconteceram diretamente no âmbito dos postos médicos de atendimento ao público. 

O relatório afirma que as medidas preventivas inseridas pela Prefeitura por meio do RondaS da GMN contribuem efetivamente para a redução de arrombamentos, roubos, furtos e outros crimes de maior gravidade. A comprovação está nos registros de 85 pessoas detidas e conduzidas à delegacia, captura de 15 foragidos do sistema prisional, 93 veículos com queixa de roubo e furto recuperado e 12 armas de fogo apreendidas. A ação ostensiva do RondaS ainda atuou no apoio ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em 234 ocasiões, além de outras 715 ocorrências por motivos diversos. 

No ranking de ocorrências atendidas diretamente nas unidades de saúde municipais, o Distrito Oeste foi o de maior registro de solicitações, respondendo por 22,27% dos chamados, seguido pelo Distrito Norte II, 21,61%, Distrito Norte I, 21,58%, Distrito Leste, 18,17%, e o Distrito Sul, 16,33%. “A presença ostensiva dos guardas nas unidades de saúde vem contribuindo com a segurança de pacientes, servidores e população. O relatório comprova essa ação com o número de atendimento de ocorrências registradas pelas viaturas que patrulham 24h esses setores”, comentou a titular da Semdes, Mônica Santos.  

A operacionalização do serviço do RondaS/GMN segue um roteiro de patrulhamento previamente registrado por meio de um cartão-programa, que orienta os guardas municipais a visitarem diariamente todas as unidades de saúde, efetivando patrulhamento e captando as assinaturas dos diretores ou responsáveis pela gestão dos postos de atendimento médico de Natal. Esses gestores também dispõem do número de celular das viaturas que patrulham a sua área de localização, podendo o mesmo acionar a qualquer hora os guardas municipais. 

Os guardas municipais patrulham utilizando um sistema integrado de comunicação via rádio de dois tipos: um fixo instalado nas viaturas e o móvel, conhecidos por Hts. O sistema está ligado ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), onde faz parte a GMN, as polícias Militar e Civil, como também outras forças de segurança e de defesa social.

Tags: Guarda Municipal de Natal RondaS
A+ A-