Policiais civis fazem paralisação em protesto contra corte de salário

O atendimento dos agentes e escrivães nas delegacias está suspenso desde as 8h.

Da redação,
Foto: Elisa Elsie
O atendimento à população está concentrado na central de flagrantes em Natal e nas delegacias regionais, no interior do estado.

A partir desta terça-feira (25) policiais civis e servidores da secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) estão com as atividades paralisadas, conforme deliberação feita em assembleia geral na semana passada. 

O atendimento dos agentes e escrivães nas delegacias está suspenso desde as 8h e as categorias vão se concentrar na central de flagrantes, em Natal, e nas delegacias regionais, no interior.

Os policiais civis estão lutando pela não retirada do Adicional por Tempo de Serviço (ADTS), haja vista que existe uma ação para acabar com esse direito. Caso isso aconteça, haverá redução real de salário de até 35%.

O SINPOL-RN vem negociando com o Governo do Estado para impedir essa redução de salário, no entanto, até o momento não houve avanço.

Sobre os servidores da secretaria de segurança, a categoria espera há anos a implantação do plano de cargos, carreira e remuneração.

Tags: polícia
A+ A-