Governador solicita prorrogação de permanência das tropas federais

Em documento, Robinson Faria admite possibilidade de novas rebeliões em presídios do RN.

Rafael Araújo,
Ricardo Júnior/Nominuto.com
Robinson Faria justifica a continuidade das tropas federais no RN devido à possibilidade de ocorrerem novas rebeliões nos presídios do Estado.
O governador Robinson Faria (PSD) solicitou na última sexta-feira (12) a permanência das tropas federais no Rio Grande do Norte. Segundo a assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), o chefe do Executivo Estadual ainda aguarda resposta do presidente em exercício, Michel Temer (PMDB).

Caso pedido não seja aceito, as tropas ficarão no estado até às 23h59 desta terça-feira (16). A expectativa do governo é de que a prorrogação seja confirmada. Em documento enviado pelo governador ao presidente, no qual o chefe do executivo pede a continuidade das forças nacionais de segurança no Estado, a assessoria de imprensa da Sesed revelou que não há determinado nenhum prazo de permanência das tropas.

Ainda de acordo com a Sesed, Robinson Faria também pediu a instalação de tropas federais na cidade de Mossoró, em uma espécie de subunidade da tropa, que deve ser formatada na capital do Oeste em uma estrutura menor. 

No documento, Robinson Faria justifica a continuidade das tropas no RN devido à possibilidade de ocorrerem novas rebeliões nos presídios do Estado. “Apesar de ter apresentado significativa melhora, persistem indicativos de rebeliões a serem deflagradas em unidades prisionais do sistema penitenciário estadual”, justificou o governador.

Tags: Exército Federais Segurança Tropas
A+ A-