Vigilância discute investigação de surtos de doenças transmitidas por alimentos

Objetivo principal é a reflexão das fortalezas e fragilidades dos processos de trabalho para investigação de surtos.

Da redação, Prefeitura do Natal,
Cedida/Prefeitura do Natal

Até esta quarta-feira (28), está acontecendo uma oficina para discutir os procedimentos para investigação de surto de doenças transmitidas por alimentos. A oficina oferecida pelo Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) acontece na UNIFACEX (Campus Deodoro) e tem como público alvo os técnicos do DVS.

Neste ano, a oficina envolverá a Vigilância Sanitária, Epidemiológica e Ambiental, além do Laboratório Central do estado do Rio Grande do Norte (LACEN). O objetivo principal do encontro será a reflexão das fortalezas e fragilidades dos processos de trabalho para investigação de surto de doenças transmitidas por alimentos e, assim, promover suas melhorias continuadas.

A Vigilância Sanitária de Natal tem, em sua estrutura, o Núcleo de Controle de Alimentos, que tem como objetivo coordenar, supervisionar e normatizar as ações da vigilância de alimentos no município a fim de eliminar ou minimizar os riscos à saúde associados à produção e à manipulação destes produtos. Entre as suas competências está a elaboração de normas, a coordenação e a execução de programas de monitoramento de alimentos, a capacitação de técnicos e a coordenação, supervisão e o acompanhamento das ações de fiscalização de alimentos.

Tags: Prefeitura do Natal Saúde
A+ A-