Toque de recolher no RN começa às 20h a partir deste sábado

Medidas mais rígidas de enfrentamento à pandemia são anunciadas pela governadora Fátima Bezerra.

Da redação,
Reprodução
Governadora Fátima Bezerra anunciou em entrevista que irá acatar as recomendações do Comitê Científico da Sesap.

A governadora Fátima Bezerra decidiu acatar as recomendações feitas pelo Comitê Científico da Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (Sesap), diante do agravamento da pandemia do novo coronavírus no Rio Grande do Norte. Entre as medidas anunciadas nesta sexta-feira (5) pela chefe do Executivo estadual, em entrevista coletiva à imprensa, está o aumento do toque de recolher, que passará a ter validade já neste sábado (6), das 20h às 6h.

“O RN vive um pré-colapso no seu sistema. Todos os esforços estão sendo feitos para abertura de novos leitos, mas esse trabalho não está sendo o bastante para conter a propagação do vírus. Não vou iludir a população do Rio Grande do Norte afirmando que basta abrir leitos. É imperativo que a gente adote o isolamento social”, recomendou a cgovernadora. Na ocasião, ela estava visivelmente emocionada ao anunciar que 73 pacientes estão na fila de espera por um leito de UTI, em Natal e região metropolitana.

Outra medida anunciada por Fátima é o toque de recolher integral aos domingos. Apenas serviços considerados essenciais serão ser mantidos, como o funcionamento de supermercados, feiras livres, além de outros estabelecimentos voltados ao abastecimento alimentar, bem como as atividades de saúde, segurança, entre outros.

👉🏾 Segunda a sábado: 20h às 6h
👉🏾 Domingo: tempo integral, à exceção de serviços essenciais

Além disso, as medidas anunciadas no último decreto continuam valendo normalmente.

Durante a entrevista, Fátima explicou que as medidas são necessárias, mesmo levando em consideração o impacto financeiro que o novo decreto trará ao setor empresarial. "Nossas forças de segurança vão atuar para o cumprimento dos decretos, em parceria com as guardas municipais", disse a governadora.

Fátima afirmou que conversou com o prefeito da capital, Álvaro Dias, e com o prefeito Allysson Bezerra, de Mossoró, pedindo a compreensão de ambos para a adoção de medidas restritivas. “É nesse sentido que conclamamos mais uma vez aqui, população e prefeitos, para que nós estejamos unidos no pacto pela vida.” 

A governadora disse ainda que continua lutando por mais vacinas para o estado, considerando que quanto mais avançarmos no processo de imunização, mais rápido seguiremos para a retomada da vida normal. “O Governo está fazendo sua parte e a população tem que fazer a sua parte também. É imprescindível que sejam cumpridas as determinações do decreto, para que a gente possa cuidar do povo potiguar”, reiterou. 

Por fim, fez um apelo: “Não temos o direito de vermos todos os dias os nossos entes indo embora. Tenho dito que não sossegarei um só minuto para fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para salvar vidas do povo potiguar. A vida se impõe em qualquer situação. Em primeiro lugar, nós temos o dever e a obrigação de cuidarmos da saúde do nosso povo. Para que de mãos dadas possamos conter a propagação do vírus.”

Leia o decreto na íntegra:


Mais 28 leitos Covid

O Governo, por meio da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), abrirá ainda hoje mais 28 leitos Covid com objetivo de reduzir a alta taxa de ocupação de leitos no Rio Grande do Norte e prestar assistência aos pacientes acometidos pela Covid-19. Essa é mais uma iniciativa ágil do Governo do Estado que está em consonância com o Plano de Contingência Estadual de Enfrentamento à Covid-19 e empenhado em conter o avanço da pandemia em todo estado.

Em Natal, serão abertos 11 leitos clínicos no Hospital Giselda Trigueiro e serão transformados em leitos de UTI nos próximos dias; 5 leitos de UTI no Hospital Luiz Antônio (Liga) para pacientes covid com perfil oncológico. Segundo dados do Regula RN, a Região Metropolitana concentra mais de 90% da ocupação de leitos de UTI. A abertura imediata desses leitos visa diminuir a fila daqueles que estão aguardando leitos para serem atendidos.

Na Região Metropolitana, serão abertos 5 leitos clínicos em Macaíba. Assú contará com 5 leitos clínicos e Currais Novos ganhará mais 2 leitos clínicos. 

No total estão sendo abertos, ainda hoje (5), 28 novos leitos Covid. “Esse resultado é fruto de muito trabalho árduo da governadora Fátima Bezerra e de todos os servidores e profissionais da saúde que fazem parte da Sesap, a fim de prestar toda assistência necessária aos pacientes que estão sofrendo com essa doença”, afirmou Maura Sobreira, secretária-adjunta de saúde.

Tags: covid-19 enfrentamento à pandemia Governo do Estado novo coronavírus novo decreto toque de recolher
A+ A-