Servidores da saúde estadual iniciam greve nesta segunda

A categoria reivindica a suspensão das medidas de redução de custos que vem sendo implantadas pelo governo estadual.

Da redação,

Os servidores da saúde do estado iniciam greve nesta segunda-feira (08). A categoria reivindica a suspensão das medidas de redução de custos que vem sendo implantadas pelo governo estadual, após a redução de cerca de R$ 100 milhões das verbas da saúde neste ano.

Entre as medidas anunciadas, estão o corte da alimentação de servidores e acompanhantes, a redução do horário de atendimento na Unicat, mudança nas jornadas de trabalho, retirada de todos os plantões eventuais e atraso no 13º salário.

Para o Sindsaúde, os servidores e a população estão sendo penalizados. “O governo gastou a verba para a saúde e nós é que vamos pagar a conta, perdendo direitos, jornadas e até a alimentação”, afirma Manoel Egídio Jr, coordenador-geral em exercício do Sindsaúde-RN. O sindicato defende a manutenção dos plantões eventuais nos setores onde não houve convocação de concursados, para evitar o aumento da sobrecarga. “Nós somos contrários aos plantões eventuais, mas, hoje esse recurso é usado para complementar as escalas. Já temos um déficit de 2 mil servidores e a retirada dos eventuais só vai aumentar a sobrecarga de trabalho e prejudicar o atendimento”, afirma Egídio.

Outro ponto exigido é a manutenção do horário de atendimento na Unicat e a garantia do abastecimento.

Tags: greve
A+ A-