Segundo Dia "D" da campanha contra paralisia infantil e sarampo tem boa participação da população

Foram vacinadas 19.578 crianças contra a paralisia infantil e contra o seguimento do sarampo, 14.184 crianças.

Gerlane Lima,

Com grande participação da população aos postos de vacinação, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) Natal, por meio do Setor de Vigilância Epidemiológica (SVE) e Núcleo de Agravos Imunopreveníveis (NAI), realizou no último sábado, das 8h às 17h, o segundo Dia "D" das Campanhas Nacional de Vacinação Contra a Paralisia Infantil (Poliomielite) e Sarampo.

O secretário municipal de saúde, Cipriano Maia Vasconcelos abriu o Dia “D” na Unidade da Estratégia da Saúde da Família – ESF de Nazaré agradecendo aos servidores pelo comprometimento na campanha, e fez um apelo à população para comparecer as unidades de saúde para imunizar os menores de cinco anos.

“Agradeço a todos os profissionais pelo esforço e dedicação e peço aos pais ou responsáveis que façam todos os esforços para comparecer aos postos de vacinação neste dia “D”, e caso não possa, que providencie até o dia 28 deste mês na unidade mais próxima de sua residência. Precisamos atingir a meta de 95% para que as crianças estejam protegidas contra a paralisia infantil e sarampo”, destacou Cipriano.

O diretor do DVS, Carlos Magnos também fez um apelo aos pais e responsáveis pelas crianças. “Faço um apelo às famílias que levem seus filhos a um dos 55 postos de vacinação mais próximo de sua residência para imunizar contra a paralisia infantil e sarampo, porque eles estarão protegidos contra essas doenças e serão mais saudáveis”, disse.

Dados do NAI indicam que foram vacinadas 19.578 crianças contra a paralisia infantil, equivalente a 39,21% de cobertura, e contra o seguimento do sarampo, 14.184 crianças, correspondente a 32,37%, de cobertura, até a data de 20 de novembro.
Participaram da abertura a secretária adjunta, Miranice Crives, a chefe do Setor de Vigilância Epidemiológica, Aline Bezerra, a Chefe do NAI, Solange Cruz, gerentes de Distritos Sanitários e profissionais de saúde.

O público alvo da Paralisia Infantil é crianças de seis meses e menores de cinco anos, e do seguimento do Sarampo é crianças de um ano a menores de cinco anos. A meta das campanhas, segundo o Ministério da Saúde, é imunizar 95% do público alvo.

A finalidade da campanha contra a paralisia infantil é manter elevada cobertura vacinal de forma homogênea em todos os municípios, visando evitar a reintrodução do vírus selvagem da poliomielite no país, garantindo, assim, a condição de país certificado internacionalmente para a erradicação da poliomielite.

Já a campanha de Seguimento contra o Sarampo tem por objetivo resgatar crianças da população alvo ainda não vacinadas, e corrigir falhas primárias da vacinação contra o sarampo e rubéola no país.

A campanha segue até dia 28 de novembro nas unidades de saúde, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e do Ministério da Saúde.

Tags: vacina
A+ A-