Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro investiga cinco casos de varíola dos macacos

Secretaria de Saúde descartou a possibilidade da doença em uma moradora de Itaguaí, na região metropolitana. Ela foi atendida no Hospital São Francisco Xavier e está em isolamento.

Da redação, Agência Brasil,
© Dado Ruvic/Reuters/EBC
Das 17 notificações sobre possíveis contaminados até agora no estado, duas foram confirmadas, cinco estão em análise e dez foram descartadas.

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro informou hoje (22) que investiga cinco casos suspeitos do vírus monkeypox, causador da varíola dos macacos. Das 17 notificações sobre possíveis contaminados até agora no estado, duas foram confirmadas, cinco estão em análise e dez foram descartadas.

A pasta descartou a possibilidade da doença em uma moradora de Itaguaí, na região metropolitana. Ela foi atendida no Hospital São Francisco Xavier e está em isolamento. “A paciente gravou um vídeo distribuído nas redes sociais no qual apontava bolhas em seu corpo e suspeitou que pudesse ser a doença, no entanto, foi mais um caso descartado no Rio de Janeiro”, informou a secretaria.

Tags: Rio de Janeiro Saúde Varíola dos Macacos
A+ A-