RN realiza “Dia D” da campanha de vacinação antirrábica neste sábado

População a ser vacinada é de 714.015 animais, sendo 508.743 cães e 205.272 gatos.

Da redação, Sesap,
FD/Cidades
A raiva é uma doença causada pelo vírus Lyssavírus, que ocorre nos mamíferos e pode ser transmitida ao homem pelo animal infectado.

Neste sábado (18) todos os 167 municípios do RN estarão promovendo o “Dia D” da campanha de vacinação antirrábica. Este ano a população a ser vacinada é de 714.015 animais, sendo 508.743 cães e 205.272 gatos.

Para alcançar a meta nacional de 80%, até o final da campanha deverão ser vacinados 406.994 cães no estado. Até a manhã desta quinta-feira (16) já foram vacinados 92.854 cães no RN, o que representa 18% da população estimada, segundo o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI).

O período total da campanha no Rio Grande do Norte compreende de 15 de setembro a 14 de novembro, mas com o “Dia D” a expectativa da Subcoordenadoria de Vigilância Ambiental (Suvam) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) é que sejam vacinados mais de 400 mil animais.

Os animais devem ser levados aos postos de vacinação por pessoas adultas. O transporte deve ser feito de forma adequada, cães na coleira e guia, para os animais mais agressivos é aconselhado o uso da focinheira, já os gatos como são mais assustados, devem ser levados em caixas de transporte ou similar, evitando assim as fugas ou acidentes” destaca.

A raiva é uma doença causada pelo vírus Lyssavírus, que ocorre nos mamíferos e pode ser transmitida ao homem pelo animal infectado através de contato com a saliva, por meio de mordedura, arranhadura ou lambedura.

O cão e o gato são os principais transmissores da doença em áreas urbanas. Apesar de ser, quase sempre letal tanto para humanos como para os animais, a raiva é 100% evitável, através da aplicação de soro e da vacina anti-rábica.

O último caso de humano infectado pelo Lyssavírus, no estado, aconteceu em 2010 no município de Frutuoso Gomes. Na ocasião, um agricultor foi ferido por um morcego que estava contaminado e por desconhecimento do risco de transmissão da raiva, por essa espécie animal, não procurou atendimento médico e acabou vindo a óbito.

Desde então, nenhum outro caso de raiva humana foi registrado no RN, no entanto no período de 2005 a setembro de 2014 houve oito casos de raiva em cães e desde 2005 foram registrados três casos de raiva em felinos.

Nos municípios que não possuem os centros, a população deve procurar as Secretarias Municipais de Saúde. Qualquer dúvida entrar em contato com o Programa Estadual de Controle da Raiva através do 3232-2583.

Contatos dos Centros de Controle de Zoonoses:
Natal – 3232-8235
Parnamirim – 3644-8185
Caicó – 3417-6551/1927
Mossoró – 3315-1628
Serra Negra – 3426-2141/2228

Tags: Dia D Saúde vacinação antirrábica
A+ A-