Profissionais do Mais Médicos passam por oficina de acolhimento

Sete profissionais cubanos chegaram ao estado na última quarta-feira (05). Até o momento, o RN foi contemplado com a chegada de 160 profissionais.

Gerlane Lima,

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) promove uma oficina de acolhimento para os sete profissionais cubanos do Programa Mais Médicos que chegaram ao estado na última quarta-feira (05). Iniciada na última quinta-feira (06), a oficina prosseguirá até a próxima quarta-feira (12), das 8h30 às 18h, no Hotel Arituba, em Tirol.

Na oficina de acolhimento, os profissionais vêm participando de debates sobre a realidade do Rio Grande do Norte e temas específicos do Sistema Único de Saúde no estado, como mortalidade materna, DST/Aids, doenças tropicais e assistência farmacêutica.

Os médicos, pertencentes ao 3º ciclo do programa, vão atuar nos municípios de Monte Alegre (01), Arez (01), Almino Afonso (01), Jardim do Seridó (01), João Câmara (01) e Areia Branca (02). Os profissionais irão, na próxima quinta-feira (13), para as cidades onde vão trabalhar, mas o início das atividades só ocorrerá quando os médicos obtiverem seus registros por parte do Ministério da Saúde.

Até o momento, o Estado do Rio Grande do Norte foi contemplado com a chegada de 160 profissionais, advindos do Programa Mais Médicos. Ainda está prevista a vinda de mais seis médicos neste 3º ciclo do programa. Segundo Cláudia Frederico, Coordenadora da Comissão Estadual do Provab/Mais Médicos, “o programa tem representado um grande avanço para a Saúde Pública do estado. Com atuação nas equipes de Estratégia Saúde da Família, os profissionais vêm contribuindo para a ampliação da assistência à população e para a garantia do acesso aos serviços de saúde nos diversos municípios do Rio Grande do Norte”. 


A+ A-