Ômicron: Anvisa faz identificação preliminar de dois casos da variante

Passageiro desembarcou em Guarulhos no último dia 23, antes de a OMS ter declarado a nova cepa como 'variante de preocupação'.

Da redação, Estadão Conteúdo ,
Arquivo/Agência Brasil
Anvisa identificou dois casos de infecção pela variante Ômicron; Ambos pacientes são brasileiros e identificação foi feita após sequenciamento genético.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) fez a identificação preliminar de dois casos de infecção pela variante Ômicron do coronavírus nesta terça-feira (30). Ambos os pacientes são brasileiros e a identificação da cepa foi feita após sequenciamento genético realizado pelo laboratório Albert Einstein.

Um dos pacientes teria desembarcado em Guarulhos no último dia 23, vindo da África do Sul e portando resultado negativo de teste RT-PCR. Dois dias depois, ele e a esposa tentaram retornar ao país africano quando fizeram um novo teste no aeroporto que deu positivo para o coronavírus. 

Após o resultado, ambos os testes foram sequenciados pelo Albert Einstein, que identificou a variante Ômicron nas duas amostras. Agora, o material será enviado ao Instituto Adolfo Lutz (IAL) para a confirmação do sequenciamento genético.

Segundo a Anvisa, o Ministério da Saúde, as Secretarias de Saúde estadual e municipal de São Paulo e o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) já foram notificados dos casos para a "adoção das medidas de saúde pública pertinentes". A agência também frisa que a entrada do passageiro em território nacional, no último dia 23, foi antes da data em que a Organização Mundial da Saúde declarou a Ômicron como uma variante de preocupação, no dia seguinte.

Tags: Anvisa Ômicron
A+ A-