Morre no RN paciente com suspeita de variante indiana do novo coronavírus

Homem de 29 anos era procedente do estado do Maranhão e estava isolamento em UTI.

Da redação,
Getty Images
Sesap enviou para análise amostra de um paciente suspeito d einfecção pela cepa B.1.617, conhecida popularmente como cepa indiana.


SELO-CORONA-100A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde - RN (CIEVS-RN), divulgou uma nota nesta quarta-feira (2), informando que enviou para análise uma amostra de um paciente   suspeito de ter sido infectado pela cepa B.1.617, conhecida popularmente como cepa indiana.

Trata-se de um indivíduo do sexo masculino, de 29 anos, procedente do estado do Maranhão e com RT-PCR confirmado para covid-19. O paciente foi hospitalizado e se encontrava internado em isolamento em terapia intensiva, instável e com suporte ventilatório, recebendo toda assistência que o caso requer, porém foi a óbito ontem (31).

Segundo a Sesap, a amostra do paciente entrou nos critérios do Ministério da Saúde para a realização do sequenciamento genético que está sendo providenciado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do RN (Lacen) e foi enviada para o Instituto Evandro Chagas no Pará. O resultado deverá sair em breve. 

A Sesap também monitora um comunicante de voo com caso confirmado para variante indiana. voo, Guarulhos-Rio de Janeiro. Durante a investigação, foi verificado que o paciente tem uma linha de celular com o código de área do Rio Grande do Norte, mas que se encontrava no Rio de Janeiro desde o desembarque do voo em que teve contato com o caso confirmado, sendo repassado o monitoramento para a vigilância do outro estado. 

A Sesap explica que continua seguindo as orientações do Ministério da Saúde e neste momento monitora duas pessoas procedente de voos internacionais, que devem ficar em isolamento domiciliar por 15 após o desembarque em solo brasileiro.

Tags: cepa indiana investigação novo coronavírus Sesap
A+ A-