Imobiliárias devem permitir acesso da SMS aos imóveis fechados

Imóveis que estão desocupados há mais de dois meses devem ser priorizados.

Da redação, SMS,
FD/Saúde

Visando o controle do mosquito transmissor da Dengue na capital potiguar, o Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) alerta para a obrigatoriedade dos corretores de imóveis e imobiliárias, atuantes no município do Natal, de permitir aos agentes sanitários o acesso para vistorias nos imóveis que estão sob suas responsabilidades, como prevê a Lei Municipal 6.232 de 26/04/2011.

Os imóveis que estão desocupados há mais de dois meses devem ser priorizados pelas imobiliárias para vistoria pelo agente de controle de endemias. Essa vistoria deve ser agendada através do telefone 0800.281.4031 e será realizada com a presença de um representante da imobiliária ou do corretor de imóvel.

O descumprimento desta obrigatoriedade atenta contra a saúde pública, é passível de autuação por parte da Secretaria Municipal de Saúde e de aplicação de multas, que variam de R$ 200 a R$ 20 mil.

O Departamento de Vigilância em Saúde ressalta que é a parceira com a sociedade é de suma importância para a estratégia de combate do mosquito nos imóveis disponíveis para locação e venda na cidade.


Tags: saúde sms
A+ A-