Gesane Marinho propõe audiência sobre pacientes com fissuras labiopalatinas

No Brasil, estima-se que uma em cada 650 crianças nasçam com esse tipo de problema.

Assembleia Legislativa,
Eduardo Maia

A situação dos pacientes com fissuras labiopalatinas e a falta de assistência no Rio Grande do Norte é o tema principal de audiência pública a ser realizada pela deputada estadual Gesane Marinho (PSD) no próximo dia 27 de maio, às 14h30, na Assembleia. No Brasil, estima-se que uma em cada 650 crianças nasçam com esse tipo de problema, que pode ser detectado ainda no ventre materno.

A audiência pública acontece em meio à Semana Estadual de Educação, Conscientização e Orientação sobre a Fissura Labiopalatina, instituída pela Lei nº 9.101/2008, e celebrada sempre na última semana de maio. A ideia do evento é chamar atenção da sociedade para discutir possíveis soluções no atendimento a esses pacientes. “É um grave problema que atinge uma parte expressiva da nossa população e que não podemos deixar de discutir e buscar soluções”, disse Gesane.

Desde o fechamento do atendimento no Hospital de Pediatria da UFRN, os fissurados não contam com qualquer tipo de assistência no Estado. Foram convidados Governo do Estado, Prefeitura de Natal, Conselho Estadual e Municipal da Criança e do Adolescente, UFRN, Universidade Potiguar, Conselho Regional de Medicina do RN, Ministério Público Estadual, Associação Brasileira e Academia Norte-rio-grandense de Odontologia, além da diretoria do Hosped e Hospital Onofre Lopes, entre outras autoridades.

Tags: gesane marinho labiopalatinas
A+ A-