Falta de informação ainda gera insegurança aos pacientes, diz anestesiologista

No dia direcionados aos profissionais, presidente da Sociedade de Anestesiologia do RN, fala do mercado.

Da redação,

A anestesia está entre as especialidades médicas que mais tem evoluído ao longo dos últimos anos. Mesmo assim, alguns pacientes, ao entrar na sala de cirurgia, ainda sentem medo em relação a esse procedimento.

Para o presidente da Sociedade de Anestesiologia do RN, o médico Frederick Marcks, a evolução da medicina deixou a anestesia mais eficaz e segura. “A falta de informação e alguns mitos ainda geram desconfiança nos pacientes. O que todos precisam saber é que as substâncias anestésicas estão mais modernas”, explica o presidente. Os equipamentos utilizados durante as cirurgias também possibilitam um controle maior dos sinais vitais dos pacientes.

Ainda segundo o presidente, além desses fatores, os anestesiologistas estão tendo uma atuação forte, não somente durante a cirurgia, mas também no pré-operatório. É cada vez mais comum consultas entre paciente e anestesista, antes da cirurgia. “É quando o medo do procedimento diminui. É importante que o paciente entenda todos os detalhes que vão acontecer com ele, para que se sinta seguro”, afirma Frederick Marks.

Durante uma cirurgia, o anestesista é responsável pelo controle da pressão arterial, dos batimentos cardíacos, da temperatura, do grau de consciência e da respiração do paciente, estando sempre alerta para qualquer complicação clínica que possa ocorrer. No Brasil esta especialidade médica existe há 50 anos.

Tags: saúde Sociedade de Anestesiologia do RN
A+ A-