Diretor do Hospital Varela Santiago suspende UTI neonatal

Paulo Xavier Trindade suspendeu a unidade por falta de habilitação do Ministério da Saúde.

Diógenes Dantas,

paulo_xavier_mO diretor do Hospital Infantil Varela Santiago, Paulo Xavier Trindade, decidiu ontem (15) à noite suspender a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal do hospital, inaugurada há cerca de dois meses. O motivo é a falta da habilitação da unidade no Ministério da Saúde que irá resultar na liberação dos recursos federais.

O custo mensal da unidade é de R$ 200 mil. "No dia da inauguração eu disse que o hospital teria condições de arcar com esse custo no prazo de 45 dias. Já se passaram dois meses e a gente ainda não conta com os recursos do Ministério da Saúde", comentou Xavier.

A UTI neonatal do Varela Santiago conta com dez leitos. Oito estão ocupados nesta sexta-feira (16). "Eu determinei que as internações etão suspensas até que o problema da habilitação esteja resolvido. Os leitos serão desativados de acordo com a alta dos pacientes. Até lá, não teremos novas internações", disse o diretor.

O Hospital Infantil Varela Santiago sobrevive apenas com recursos do Sistema Único de Saúde e de doações do governo, da Prefeitura de Natal e da sociedade. O custo mensal do hospital passa de R$ 1,1 milhão, gerando um déficit de mais de R$ 100 mil por mês.

O hospital tem uma dívida de R$ 4 milhões em empréstimos na Caixa Econômica Federal, segundo informação do diretor Paulo Xavier.

Na inauguração dos 10 leitos de UTI, a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) e os integrantes da bancada federal se comprometeram a buscar habilitação junto ao Ministério da Saúde e até agora o documento não saiu. 

Paulo Xavier já conversou com várias autoridades do Ministério da Saúde. Um dos contatos foi com o próprio ministro, Arthur Chioro, mas o ministério não resolveu o entrave burocrático. O diretor fez ainda um apelo à bancada federal e levou o pleito ao presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB) há uma semana e até agora também não recebeu resposta.

Tags: neonatal uti varela santiago
A+ A-