Dia Nacional da Luta Antimanicomial é lembrado em Natal

Data foi instituída após profissionais da área organizarem o primeiro manifesto público em favor da extinção dos manicômios.

Da Redação,

O Dia Nacional da Luta Antimanicomial será lembrado, nesta semana, de 12 a 16 de maio, nas unidades de Saúde Mental da rede municipal de Saúde, com o evento “Vem pra Praça”. Além de atividades nos Centros de Atenção Psicossocial (Caps), policlínicas e residências terapêuticas, haverá uma programação especial, nesta sexta-feira (16), das 15 às 18h, na Praça Cívica, em Petrópolis.

Apresentações de teatro, música e dança, protagonizadas pelos usuários dos Caps, exposição de fotos e distribuição de panfletos sobre os serviços em saúde mental, oferecidos pela rede municipal, serão algumas das atividades promovidas na praça. Entre as atrações, estão os cantores Isaque Galvão e Sueldo Soares, a Tenda do Conto, o Teatro do Oprimido e o grupo musical Pau e Lata.Também estará exposto o “Cordão da Luta Antimanicomial”, com um histórico sobre como a saúde mental vem sido tratada ao longo dos anos, desenvolvido pelos estudantes de Psicologia da UFRN. Usuários do Caps e alunos da UnP também participarão com a “TV Doida é Tu”, conduzida por eles. O Movimento Nacional de População de Rua, representação em Natal, estará presente com poesias e música.

Entidades como o Conselho Regional de Psicologia (CRP-RN) e UFRN também integram o evento, cujo objetivo é promover a conscientização sobre a necessidade do fim dos manicômios, em uma perspectiva política e ideológica, frisando o sofrimento dos que são mantidos nos hospitais psiquiátricos. As ações também pretendem mostrar a importância da inclusão social dos pacientes com transtornos mentais. “Rompendo com os muros e os preconceitos, é uma oportunidade de mudar o estigma da periculosidade dos pacientes com transtorno mental, mostrando seus direitos e resgatando sua cidadania”, observa a coordenadora de Saúde Mental da SMS, Silvana Barros.

O Dia Nacional da Luta Antimanicomial foi instituído após profissionais da área organizarem o primeiro manifesto público em favor da extinção dos manicômios, durante o II Congresso Nacional de Trabalhadores da Saúde Mental realizado em 1987, na cidade de Bauru/SP. Naquela manifestação, nasceu o Movimento Antimanicomial.

Tags: antimanicomial dia
A+ A-