Covid-19: Fila de pacientes para UTI chegou a ser zerada no RN

Taxa de ocupação de leitos está abaixo de 80%, mas governo alerta para manter isolamento social.

Da redação,
Assecom
Em cerca de 120 dias de pandemia, Governo do Estado promoveu a abertura de 250 leitos de UTI para o combate à covid-19.
SELO-CORONA-100Pela primeira vez, desde o início da pandemia provocada pela disseminação do novo coronavírus (Covid-19), a fila de pacientes críticos em espera na rede pública de saúde, para ocupação de leitos de UTI, esteve zerada no decorrer deste domingo (12). No início da noite, havia apenas um paciente aguardando vaga.

A governadora Fátima Bezerra observou que é mais um avanço do RN no enfrentamento à pandemia, mas alertou que “é imprescindível que cidadãos, prefeituras e toda a sociedade continue seguindo as medidas sanitárias de saúde e o isolamento social”.

De acordo com a chefe do executivo, o Governo do RN vem trabalhando para reforçar a rede estadual de Saúde no sentido de associar os cuidados sanitários à ampliação de leitos e, consequentemente, a uma retomada segura das atividades no estado.

Em aproximadamente 120 dias de pandemia, o governo estadual promoveu a abertura de 250 leitos de UTI covid. Isso representa 76,8% de toda a estrutura estadual anterior à pandemia.

Ocupação

A ocupação de leitos de UTI está, às 20h deste domingo, abaixo de 80%, que é a meta estabelecida pelo Governo do RN para uma retomada minimamente segura das atividades econômicas.

“Mas, volto a dizer: é importante ressaltar que a participação da sociedade e dos municípios no Pacto pela Vida, seguindo as medidas sanitárias e o isolamento social, são fundamentais para reduzir o contágio e diminuir a pressão na rede de Saúde”, finalizou a governadora.
Tags: Saúde
A+ A-