Coopmed prevê retorno dos serviços nesta quarta

No acerto feito com o município ficou estabelecido o pagamento de três meses em atraso.

Nicole Biggi,

O transtorno provocado na saúde com macas paradas nos hospitais da região Metropolitana de Natal pode ter seu fim a partir desta quarta-feira (13).

De acordo com o diretor da Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte (Coopmed), Fernando Pinto na assembleia de ontem (11), os cooperados ainda tinha dúvidas sobre o retorno das atividades. “Não tínhamos nenhuma posição do município, porém, hoje pela manhã o secretario entrou em contato e fez a proposta de quitação pagando três parcelas das cinco pendentes”.

Ainda segundo Fernando, em negociação ficou acertado que até o final da semana a as cooperativas e prestadores de serviços médicos recebem o valor equivalente aos meses de fevereiro, março e abril. “Ficou acordado que pelo menos mais um mês será pago na próxima semana”, informou Fernando Pinto.

Além da paralisação dos médicos que realizam procedimentos de cirurgias eletivas e ortopédicas os anestesiologistas também não cruzaram os braços por causa da falta de repasse do município à cooperativa que responde pela classe.

Após a proposta de negociação o diretor da Cooperativa de Anestesiologistas (Coopanest), Sérgio Marks informou que a cooperativa realizará uma assembleia hoje às 19h na Sede da Coopenest para definir a retomada dos serviços. “Com a sinalização de pagamento do Governo a volta dos anestesiologistas é possível”, declarou.

Os serviços médicos de cirurgia e anestesia estavam suspensos desde o último dia 6 por falta de pagamento. Entre o município e o estado há um Termo de Cooperação para incremento do valor pago às cooperativas.

Na tarde da última segunda-feira (11) a Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) informou que já havia repassado ao município o valor de RS 7 milhões, a responsabilidade do repasse as cooperativas fica por conta da Prefeitura. Os valores acertados com as cooperativas devem estar disponível até amanhã (13).

Tags: Saúde
A+ A-