CIOCS registrou 471 atendimentos médicos durante a Copa em Natal

Além da baixa quantidade de atendimentos, Natal foi a única cidade sede a não ter problemas com alimentos na Arena das Dunas.

Da redação, Sesap,
Assessoria de Comunicação - ASCOM
Além da baixa quantidade de atendimentos, Natal foi a única cidade sede a não ter problemas com alimentos na Arena das Dunas.

No período de Copa do Mundo, o Centro Integrado de Operações Conjuntas da Saúde (CIOCS) de Natal, registrou 471 atendimentos e ocorrências médicas. Do total de atendimentos, 404 foram clínicos e 67 Traumas.O monitoramento está relacionado aos eventos do mundial, incluindo os quatro jogos na Arena das Dunas e ao Posto Médico Avançado da Fifa Fan Fest realizado na praia do Forte.

Divulgada nesta terça-feira (15) pelo Departamento de Vigilância e Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a planilha consolidada dos atendimentos do Ciocs durante a Copa informa que, dos 471 atendimentos, 243 foram originados da Arena das Dunas e 228 no Fan Fest. Segundo o relatório, 10 pacientes foram removidos para atendimentos em outros hospitais, sendo 5 para o Hospital Walfredo Gurgel, 2 para o Hospital da Unimed, 1 para o Hospital Promater, 1 para o Hospital Giselda Trigueiro e 1 para a UPA de Cidade Esperança. Os motivos mais frequentes foram acidentes provocados por quedas, agressões e trânsito.

De acordo com avaliação do chefe do Departamento de Vigilância e Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Carlos Magno de Oliveira, o período da Copa do Mundo em Natal foi muito tranquilo, principalmente nos aspectos relacionados à saúde pública.

“Tínhamos uma expectativa de que os atendimentos a visitantes não chegariam a 2% e, realmente, aconteceu”, disse Magno, acrescentando que Natal não registrou nenhum surto alimentar no período, sendo a única sede a não apresentar problemas na área de alimentos da Arena. Dentre as providências preventivas na área de saúde, adotadas para o evento, Carlos Magno ressaltou como fundamental a categorização dos serviços de alimentação, realizada em 138 estabelecimentos, inspeções de alimentos nos 32 quiosques, 3 cozinhas e, no fornecimento de duas mil refeições/dia.

Outras inspeções foram feitas nos Serviços de Saúde oferecidos no ambiente da Arena, como postos médicos, vestiários, controle de doping e sanitários, além de implantação do Posto Médico no Fan Fest e fiscalização em hotéis e pousadas.

Tags: copadomundo saúde
A+ A-