Cinco dicas de alimentação para manter a saúde nas férias

Especialistas alertam para o consumo de alimentos mais leves e não descuidar da hidratação.

Da redação, Portal Brasil,
EBC
Consumo de frutas, verduras e legumes e carnes magras auxiliam na reposição de sais minerais perdidos na transpiração.

Cerveja gelada, queijo coalho na praia e batata frita com bastante sal fazem sucesso entre os brasileiros durante o verão. Mas, para aproveitar melhor as delícias dessa época, é preciso tomar alguns cuidados com alimentação. Confira algumas orientações de nutricionistas para evitar problemas como intoxicação, desidratação e outras que atrapalham o descanso e a diversão.

Consuma alimentos leves

O consumo de frutas, verduras e legumes e carnes magras auxiliam na reposição de sais minerais perdidos na transpiração, geralmente maior nesta época do ano. De acordo com o nutricionista Leandro de Freitas, esses alimentos ajudam a manter o corpo hidratado.

Atenção para as comidas da rua

É necessário observar a preparação e a exposição dos alimentos ao clima e ao sol. “Todo alimento sujeito a uma temperatura mais elevada vai correr o risco de maior proliferação de bactérias, podendo gerar intoxicação alimentar”, ressaltou Leandro.

Beba água

A perda de líquidos pelo corpo humano é aumentada na estação de calor. Para o nutricionista André Santos, nada se iguala à importância da água. “A perda de líquido pode ser maior ainda somando o calor à prática de atividade física e à ingestão de álcool”, acrescentou.

Cuidado com o sódio

“O alto e constante consumo pode levar a complicações renais, hipertensão arterial, AVC e infarto”, alertou André. Segundo ele, a praticidade pode levar ao aumento no consumo de alimentos industrializados, nos quais o sódio é bastante presente.

Modere o consumo de álcool

E para aqueles que não abrem mão da cervejinha geleada para se refrescar do calor, Leandro Freitas envia um recado: “A dica é intercalar água, água de coco ou isotônico. Assim, apesar da perda de líquidos, o corpo estará mais estável”.

Tags: Saúde
A+ A-