Ceasa receberá grande ação de desinfecção para combater a covid-19

Local é o principal polo de comercialização de hortifrutigranjeiros do Estado.

Da redação, Governo do Estado,
Assecom/Ceasa
Principal polo de comercialização de hortifrutigranjeiros do Estado, a Ceasa receberá uma grande ação sanitária de desinfecção.

SELO-CORONA-100A Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa) recebe, neste domingo (7), a partir das 8h, uma grande ação sanitária de desinfecção organizada pelo Comando Conjunto Rio Grande do Norte e Paraíba, composto pela Marinha do Brasil (Comando do 3º Distrito Naval), Exército Brasileiro (7ª Brigada de Infantaria Motorizada) e Força Aérea Brasileira (ALA 10). O Comando Conjunto Rio Grande do Norte e Paraíba é um dos dez ativados pelo Ministério da Defesa, em março deste ano, no âmbito da Operação covid-19, no combate aos impactos do coronavírus no Brasil. 

O trabalho será realizado no único dia da semana no qual a Ceasa não funciona e irá contemplar as lojas permissionárias, mercados e áreas externas com o objetivo de reduzir o risco de contaminação pelo novo coronavírus.

A ação contará com militares das Forças Armadas, habilitados para a descontaminação de ambientes, material e pessoal, em Estágios de Capacitação ministrados pela Equipe de Resposta Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (NBQR) do Comando do 3º Distrito Naval.

Segundo o diretor técnico, Manoel Batista, todos os permissionários foram comunicados da ação e devem seguir algumas orientações para que os militares possam aplicar os produtos químicos sem causar danos aos comércios. 

“Enviamos aos permissionários algumas orientações para que a desinfecção seja realizada. Por exemplo, a loja deverá estar com janelas e portas abertas, todos os produtos de comercialização deverão ser retirados e os equipamentos eletrônicos, desligados”, explica. No dia, apenas um representante por loja, devidamente autorizado pela Ceasa, poderá estar no local para acompanhar a ação. 

A solicitação da ação ao Comando Conjunto Rio Grande do Norte e Paraíba foi feita pela Administração, via Governo do RN, pois a Ceasa possui mais de 300 lojas e uma rotatividade diária muito grande de pessoas. “Conversamos com a equipe do Governo e relatamos a necessidade de uma ação como essa para Ceasa que é o maior centro de comercialização de hortifrutigranjeiros do Estado. Sua importância no abastecimento de supermercados é muito grande. Já estamos executando diversas medidas sanitárias e essa ação será um grande complemento para o que já estamos realizando”, explica o diretor-presidente, Flávio Morais. 

Ações sanitárias de combate à covid-19

Desde o início dos decretos estaduais de combate e prevenção ao coronavírus, a Ceasa vem realizando diversas medidas sanitárias visando a proteção de permissionários, servidores, colaboradores e clientes.

Entre as medidas adotadas estão: uso obrigatório de máscara de proteção em todos os ambientes externos e interno; desinfecção dos caminhões e carretas na portaria; higienização das mãos com álcool 70% de todos que entram no órgão;  fechamento de bares, lanchonetes e restaurantes, sendo permitido apenas o funcionamento para delivery; instalação de pias nos mercados; intensificação da limpeza dos banheiros; maior fiscalização do cumprimento das medidas pelas lojas permissionárias, entre outras medidas importantes no combate à covid-19.

A Ceasa é o principal polo de comercialização de hortifrutigranjeiros do Estado. São mais de 300 lojas que comercializam frutas, legumes, verduras, carnes, ovos, derivados do leite, entre outros. A Ceasa funciona de segunda a sábado, na avenida Capitão-Mor Gouveia, 3005, Lagoa Nova, Natal, nos seguintes horários: Acesso de caminhões e carretas para carga e descarga: 0h às 3h; Entrada do público externo: das 03h às 13h; Fechamento total: 20h. 

Tags: ação sanitária Ceasa combate ao coronavírus covid-19 desinfecção Governo do Estado pandemia
A+ A-