Campanha contra polio e multivacinação tem dia D neste sábado

Abertura ocorrerá na Unidade de Saúde da Família Felipe Camarão II, na zona oeste.

Da redação , Prefeitura do Natal,
Divulgação
Crianças de 1 ano a menores de 5 anos devem ser vacinadas contra a Poliomielite, alerta a Secretaria Municipal de Saúde.

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS) abre neste sábado (17), das 8h às 17h, as 63 salas de vacinação do município, com intenção de receber crianças de 1 ano a menores de 5 anos para vacinar contra a poliomielite; e menores de 15 anos para atualizar a carteira vacinal.

A campanha contra Polio e multivacinação teve início dia 5 e segue até 30 de outubro. A atualização da carteira vacinal dos indivíduos dessa faixa etária acontece nas unidades de saúde com as imunizações disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS). Na Unidade de Saúde da Família (USF) Felipe Camarão II, situada à Rua Santa Cristina, 882, na zona Oeste, acontece a abertura do Dia D.

"Essa campanha tem foco na poliomielite, mas também é uma atualização vacinal, onde estarão disponíveis todas as vacinas para menores de 15 anos (cerca de 15 tipos). O profissional de saúde irá conferir a caderneta de vacinação e, caso alguma vacina disponível não esteja em dia, será ministrada naquele momento. A expectativa apenas para a Polio é cerca de 45 mil crianças na capital", indica Juliana Araújo, diretora do Departamento de Vigilância em Saúde de Natal.

Programa de imunização

O Dia D da vacinação faz parte do Programa Nacional de Imunizações (PNI), que oferece 18 vacinas para crianças e adolescentes. Entretanto, de acordo com o ministério, o número de pessoas não vacinadas tem crescido nos últimos anos. “Como consequência, doenças que já estavam eliminadas no Brasil voltaram a ser um problema para a saúde de todos, como o sarampo, por exemplo”, alertou o MS.

Segundo o MS, 7,7 milhões de crianças e adolescentes menores de 15 anos não foram vacinadas contra a febre amarela em 2019. No caso da Hepatite B, cerca de 24,8 milhões de pessoas dessa faixa etária não se vacinaram. Em relação à vacina contra meningite dirigida a adolescentes de 11 e 12 anos, o número de não vacinados ficou em 4,3 milhões.

Já no caso da vacina contra HPV, 73,6% das meninas com idade entre 9 e 15 anos tomaram a primeira dose. O percentual é menor quando é considerada a segunda etapa da vacina: apenas 46% das meninas foram imunizadas. Entre os meninos com faixa etária de 9 a 14 anos, que foram alvo de campanha, a vacinação chega a 36,2% para a primeira dose; e a 19,2% para segunda dose.

Tags: campanha de vacinação DIa D multivacinação poliomielite Prefeitura do Natal SMS
A+ A-