Atendimentos de ortopedia são redefinidos no RN

Com escala médica formada por ortopedistas estatutários e cooperados, além de quatro plantonistas em todos os turnos e dias da semana.

Sesap,

Diante da carência de profissionais estatutários, que vinha dificultando o fechamento das escalas de plantão, a Sesap autorizou à Coopmed que complemente as escalas dos dois hospitais de urgência e emergência em traumato-ortopedia.

O HWG funcionará de porta aberta, com escala médica formada por ortopedistas estatutários e cooperados, além de quatro plantonistas em todos os turnos e dias da semana. O Hospital Regional Deoclécio Marques de Lucena, em Parnamirim, terá atendimentos de urgência e emergência no turno da noite (de segunda a sexta-feira) e nos finais de semana. Durante a semana (de segunda a sexta-feira) o período diurno será limitado às cirurgias eletivas, consideradas de baixo risco.

“Durante os dias em que permanecemos com a porta fechada para os atendimentos de urgência o hospital vinha realizando uma média de 6 a 7 cirurgias eletivas por dia e a partir dessa nova definição nossa meta é aumentar essa média para 10 a 12 procedimentos, que serão realizados no período diurno, quando teremos quatro ortopedistas atuando em duas salas de cirurgia e um fazendo a evolução do quadro de saúde dos pacientes já operados”, explica Adriana Pontes, diretora administrativa do HRDML.

A Sesap espera, com a organização dos fluxos assistenciais nesta especialidade, apoiada no efetivo funcionamento do sistema de regulação, garantir o acesso aos usuários do SUS no Rio Grande do Norte a um atendimento de qualidade em ortopedia

A+ A-