Veja: Favorecido por decisão do STF, Lula intensifica articulações políticas para 2022

Confira os principais destaques das revistas semanais nesta semana.

Da redação,

Veja

veja_1804211Reportagem de capa: Favorecido por decisão do STF, Lula intensifica articulações políticas para 2022.

Embora evite se declarar candidato à Presidência, o petista e aliados se movimentam incansavelmente em busca de apoios nas mais variadas frentes, dos templos evangélicos à Faria Lima.

Veja também informa sobre a Covid-19: As experiências para um 'passaporte da imunidade' ganham força pelo mundo.

Política: CPI da Pandemia esquenta os ânimos entre Executivo e Judiciário.

A criação da comissão alimenta teorias de conspiração e eleva o tom das provocações.

Consumo: Vinho barato tem melhor avaliação quando se diz que preço é alto, mostra estudo.


Istoé

istoe_180421Reportagem de capa: Bolsonaro no banco dos réus.

Presidente fracassa na tentativa de barrar a CPI que vai expor seus crimes em série na pandemia – nem a ameaça direta a ministros do STF funcionou. Crise o deixa ainda mais isolado e deve ser decisiva para o futuro da sua gestão.

Brasil: Governo sem Censo.

Com a certeza de que o País está em sérias dificuldades, Bolsonaro e Paulo Guedes agem para barrar o Censo Demográfico do IBGE e, assim, colocam debaixo do tapete as informações que seriam utilizadas para planejar o futuro do Brasil.

Apagão na ciência.

Cerca de cinco anos de pesquisas científicas estão condenadas por conta da política errônea do governo. Os recursos do FNDCT, de R$ 5,1 bilhões, estão represados e as universidades perdem pesquisadores por falta de bolsas.

Fuzis superfaturados.

No momento em que o governo deixa de comprar oxigênio e remédios para a intubação de pacientes graves com Covid, Bolsonaro compra milhares de fuzis no exterior mediante um processo de compra altamente suspeito.

Cultura: Os 80 anos do Rei.

Com 140 milhões de discos vendidos e uma carreira que ultrapassa as fronteiras do Brasil, Roberto Carlos celebra o aniversário longe da aposentadoria: ele planeja uma turnê mundial em 2022 e um filme sobre a sua vida.


Época

Como Rogério Andrade, sobrinho de Castor, virou o rei do jogo do bicho.

Desde a morte do maior nome da contravenção no Rio, em abril de 1997, dois grupos disputam à bala o comando de pontos de jogatina e máquinas caça-níqueis na Zona Oeste da cidade; a contenda já resultou em mais de 200 homicídios.

Poder: ‘Que golpe é esse? Não consigo entender’, diz novo comandante da Marinha.

Brasil: Os heróis invisíveis do dia a dia contra a covid-19.

Mundo: Festa para Napoleão divide a França.


Carta Capital

carta_capital_180421Exclusivo: Protetor do garimpo. Alvo do Ministério Público por omissão na Amazônia, o general Mourão estende o tapete a acusados de crimes ambientais, invasão de terras e lavagem de dinheiro.

Poder: Na mira da CPI, Pazuello viaja com Bolsonaro para Goiás.

Ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) sinalizaram que devem punir o ex-ministro e seus auxiliares por omissões na gestão da pandemia.

Política: Salles quer US$ 1 bilhão de ajuda internacional para reduzir desmatamento na Amazônia.

Mundo: Revista francesa diz que Bolsonaro está transformando o Brasil na Venezuela.

Veículo de linha editorial de centro-direita publicou um contundente editorial sobre a incapacidade de Jair Bolsonaro em combater a pandemia

Tags: revistas semanais
A+ A-