Renan Calheiros, o maior inimigo do governo Dilma, aponta revista Época

Confira os destaques das revistas semanais do país: Época, Veja, Istoé e Carta Capital.

Da redação,

epoca_17_5_15O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) é apontado pela revista Época como o "maior inimigo do governo Dilma".

Ao tratar de uma pendência sobre a recente aprovação da PEC da Bengala, que estende dos 70 aos 75 anos a idade-limite para aposentadoria de ministros do STF e outros tribunais superiores, o senador comentou com colegas: “Se não fosse essa PEC, teríamos mais meia dúzia de Fachins aqui nos próximos anos”, disse, em referência à indicação feita pela presidente Dilma Rousseff.

O plenário deverá votar o nome do advogado Luiz Fachin na próxima terça-feira (19). O nome do jurista já passou pela CCJ do Senado.

Época também traz entrevista com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy. A revista também informa sobre a delação premiada do empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC, da Operação Lava Jato.

Em outra reportagem, Época informa sobre o Complexo do Chapadão, no Rio de Janeiro, nova fortaleza do tráfico de drogas.

Leia mais em Época.


Veja

A edição de Veja desta semana destaca os grampos, intrigas e troca de acusações nas investigações da Operação Lava Jato.

grampos_veja_370Diz Veja: "Um exército de advogados dos maiores e mais conceituados escritórios do país há mais de um ano esquadrinha os processos da Operação Lava-Jato em busca de algo que possa ser usado na Justiça para tentar questionar a validade das investigações sobre o maior escândalo de corrupção da história do país. É a única chance que os advogados têm de livrar da punição exemplar seus clientes, empreiteiros, políticos e funcionários públicos corruptos, que desviaram mais de 6 bilhões de reais dos cofres da Petrobras. É também a última esperança de proteger a identidade dos mentores e principais beneficiários do esquema que usou o dinheiro dos brasileiros para enriquecer e comprar o poder. Até hoje o Supremo Tribunal Federal e o Superior Tribunal de Justiça rejeitaram todas as incursões nessa direção".

Veja informa sobre os bastidores da maior apreensão de carga roubada já ocorrida no país. "Uma quadrilha internacional pagaria os ladrões com fuzis", relata a revista.

Leia mais em Veja.


Istoé

bebe_istoe_370O incrível avanço da medicina para salvar o início da vida é a reportagem de capa da Istoé.

Como cirurgias em fetos, novos tratamentos e equipamentos para prematuros estão elevando a chance de sobrevivência dos bebês brasileiros.

Istoé também destaca a Operacão Lava Jato: O empreiteiro, a gráfica fantasma e a campanha de Dilma.

Ao aderir à delação premiada, Ricardo Pessoa, dono da UTC, leva a presidente para o centro da Lava Jato, diz Istoé.

Aos investigadores, o empreiteiro indicou que parte dos R$ 23 milhões pagos à VTPB Serviços Gráficos teve origem no Petrolão, informa a revista.

Leia mais em Istoé.


Carta Capital

andre_jogador_370A CBF - Confederação Brasileira de Futebol - é destaque na nova edição da revista Carta Capital.

“Tudo o que depende da CBF não avança, nem sequer é discutido”, diz o zagueiro do Cruzeiro e um dos líderes do Bom Senso FC Paulo André.

Segundo o atleta, a MP do Futebol é fundamental por induzir a democratização das federações esportivas e assegurar gestão responsável dos clubes.

Na reportagem "O futebol é meu game", Carta Capital conta que a geração PlayStation exportou para os times da Europa a paixão por um esporte que, no Brasil, já teve graça e carisma.

A revista de Mino Carta também destaca: "Rio 2016 está chegando, e as notícias não são muito boas". Bagunça de Atenas, queixa sobre ingressos e a poluída baía de Guanabara, diz Carta Capital.

Leia mais em Carta Capital.

Tags: Veja, Istoé, Época, Carta Capital
A+ A-