Neymar e o pai são investigados pela Receita Federal, destaca Época

Craque do Barcelona terá bens arrolados em ação fiscal para fins penais.

Da redação, Com revistas semanais,
Época
A Receita Federal decretou o arrolamento de bens de Neymar e de seus pais, relata Época em sua reportagem de Capa.

No dia 7 de abril, o craque Neymar passeava pelas ruas de Barcelona, na Espanha, quando postou no Instagram um vídeo cantarolando o refrão da música “Hey, mundo”, sucesso do pagodeiro Thiaguinho: Deus deu um presente para mim,/ desde então não paro de sorrir. 

No mesmo dia, a 8.880 quilômetros dali, em Santos, a Delegacia da Receita Federal, segundo documentos obtidos por ÉPOCA, iniciava o processo 15983.720066/2015-65: uma representação fiscal para fins penais. Pela primeira vez, o jogador do Barcelona e da Seleção Brasileira passou a merecer marcação individual da Receita e do Ministério Público Federal (MPF). Seis dias depois, o Fisco decretava o arrolamento de bens de Neymar e de seus pais, relata Época em sua reportagem de Capa.

EPOCA-INT-PA consagração do timaço do Barcelona define uma era no futebol – a mesma era dos cartolas mais corruptos da história do esporte.

Ainda no esporte, a Época destaca:

A queda de Blatter e a consagração de Messi expõem a estranha crise do futebol mundial

A sociedade oculta de Ricardo Teixeira em duas empresas investigadas pela Polícia Federal

O craque Neymar e seu pai são investigados pela Receita Federal e o Ministério Público

Cenas brasileiras

Investigação mostra que ainda há corpos de vítimas da ditadura no cemitério de Perus, em SP.

Fronteiras da ciência

O novo marco da biodiversidade sancionado por Dilma fortalece a produção de medicamentos a partir de plantas.

Leia mais em Época.


Veja

VEJA-IN-TPVeja destaca números do IBGE em que famílias têm mais cães que filhos. OK, Vocês venceram!

O que significa para o país a revelação do IBGE de que as famílias brasileiras já têm mais cães do que crianças.

A casa agora é dos cães – e não das crianças. Pesquisa do IBGE revela que, no Brasil, o número de famílias que criam cachorros já é maior do que o de famílias que têm crianças. Causas demográficas e econômicas mostram que o fenômeno, similar ao de países ricos, vai se acentuar daqui para a frente.

A revista destaca também o número de refugiados no Brasil. O número de estrangeiros que entram como refugiados no Brasil aumentou 2200% desde 2010. Eles fogem de catástrofes naturais, de guerras e da miséria e encontram um país de braços abertos... apenas até a porta do aeroporto. A partir daí, têm de se virar com a língua, a falta de empregos e o assédio de traficantes

Em esportes, a Veja destaca apreparação para a cobertura da Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro. A partir desta semana, e até agosto do ano que vem, VEJA oferecerá gratuitamente, uma vez por mês, edições especiais eletrônicas para tablets e iPhone.

Brasil

A primeira-dama, a enfermeira e o operador do PT

Há um grande segredo envolvendo esses três personagens. Entenda o que une a mulher do governador mineiro Fernando Pimentel, a mulher humilde que teria gasto 36 milhões de reais numa campanha eleitoral e o já notório Bené, acusado de alimentar o caixa do Partido dos Trabalhadores com dinheiro desviado dos cofres públicos.

Leia mais em Veja.


ISTOIstoé

A revista Istoé traz em sua capa “Ligações Perigosas”. As investigações da Polícia Federal, do Ministério Público e da CGU que mostram como o governador de MG e sua mulher podem estar envolvidos em um esquema de desvio de recursos públicos, caixa dois e lavagem de dinheiro, sob o comando do empresário Bené.

Brasil

Minha fazenda, minha vida

Família do senador Romero Jucá vende terreno em área rural, por valor acima do mercado, para a Caixa construir apartamentos do programa Minha Casa, Minha Vida em Roraima.

Comportamento

Saída pelos fundos

Sucessão de denúncias de corrupção e pressão de patrocinadores e dirigentes europeus provocam a queda de Joseph Blatter. Mas algo mudará na Fifa?.

Leia mais em Istoé.


Carta Capital

CARTAA Carta Capital fala sobre a impopularidade e o drama de Dilma. Dilma Rousseff prepara o anúncio de uma safra de boas novas. Um pacote de concessão de bens e obras públicas ao setor privado na terça-feira 9, um plano de exportações na semana seguinte, mais uma fase do programa federal de moradia popular, provavelmente em julho. O objetivo principal deste esforço concentrado, diz um ministro, é tentar mudar o clima no País, bastante pessimista.

O orçamento e a greve nas universidades federais

Que o momento atual venha com a possibilidade de um planejamento permanente dirigido a um processo de médio e longo prazo.

Qual é o plano de exportações do Brasil?

O país patina nas trocas internacionais por não saber o que pretende.

Leia mais em Carta Capital.


Tags: revistas
A+ A-