Arquidiocese de Natal autoriza celebrações com 20% da capacidade nas igrejas

Missas não poderão ter a presença dos fiéis aos domingos por conta do toque de recolher.

Da redação, Arquidiocese de Natal,
Fátima Elena Albuquerque
A partir do dia 5 de abril, celebrações só podem acontecer com 20% da capacidade total das igrejas, como medida de prevenção à covid-19.

SELO-CORONA-100Em consonância com o decreto do Governo do Estado n° 30.458, de 1º de abril de 2021, a Arquidiocese de Natal e as Dioceses de Mossoró e Caicó autorizaram a volta das celebrações presenciais a partir de segunda-feira (5), com a participação presencial de fiéis.

As celebrações, no entanto, só poderão ter 20% da capacidade total das igrejas, de segunda a sábado, como medida de prevenção ao contágio da covid-19.

Por causa do toque de recolher, que ocorrerá das 20h às 6h e aos domingos e feriados em tempo integral, as celebrações aos domingos não terão a participação presencial dos fiéis. Elas continuarão sendo transmitidas pela internet, nos canais de cada paróquia.

Confira a nota da Arquidiocese na íntegra:

Em consonância com o decreto do Governo do Estado n° 30.458, de 1º de abril de 2021, autorizamos, em todo o território da Província Eclesiástica de Natal (Arquidiocese de Natal, Diocese de Mossoró e Diocese de Caicó), a partir desta segunda-feira (05), a realização de celebrações com a participação presencial de fiéis (20% da capacidade total), de segunda a sábado, respeitando o “toque de recolher” (das 20h às 6h e aos domingos e feriados em tempo integral), observando criteriosamente as regras de distanciamento social e as medidas de biossegurança.

Esta autorização permanece válida durante todo o período de vigência do decreto estadual ou enquanto não mandarmos o contrário.

Natal (RN), 03 de abril de 2021, Sábado Santo.

Dom Jaime Vieira Rocha
Arcebispo Metropolitano de Natal

Dom Mariano Manzana
Bispo de Mossoró

Dom Antônio Carlos Cruz Santos, MSC
Bispo de Caicó

Tags: autorização capacidade restrita celebrações religiosas covid-19 decreto estadual igrejas pandemia
A+ A-