Wilma prefere lembrar do tempo em que Robinson a chamava de líder

Governadora responde declarações do deputado com desdém e afirma que, antes de ir para a oposição, Robinson reconhecia trabalho do governo.

Alisson Almeida,
A governadora divulgou uma nota curta comentando a saída do deputado estadual Robinson Faria (PMN) da base governista e respondendo às críticas do parlamentar, segundo quem a chefe do Executivo do RN não teria honrado com o compromisso de apoiá-lo para governador.

“Sobre as recentes declarações do deputado estadual Robinson Faria, o que tenho a dizer é que prefiro lembrar das inúmeras declarações que ele deu anteriormente reconhecendo o trabalho do meu governo e a minha condição de líder política, de sua líder política”, declarou Wilma de Faria através da sua assessoria de imprensa.

Robinson anunciou seu rompimento com a governadora dizendo-se “injustiçado” e acusando Wilma de participar de uma “trama maquiavélica” para enfraquecê-lo politicamente e tirá-lo da sucessão estadual.

O presidente da Assembleia Legislativa assumiu que será o vice na chapa encabeçada pela senadora Rosalba Ciarlini (DEM), provável candidata oposicionista à sucessão de Wilma de Faria. Além disso, Robinson avisou que não votará na governadora para o Senado, justificando que não é “cobra de duas cabeças”.


A+ A-