Sebrae e AL vão instalar Sala do Empreendedor em todas as cidades do RN

Projeto servirá para atender as necessidades básicas dos empreendedores de forma ágil e sem burocracia.

Da redação,
Divulgação Sebrae
A reunião para a assinatura do termo de cooperação foi realizada, pela manhã, na Assembleia Legislativa.

O Sebrae no Rio Grande do Norte e a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN) se uniram para dotar todos os municípios potiguares com uma estrutura de suporte aos empreendedores e apoio ao desenvolvimento de atividades econômicas. Dirigentes das duas instituições assinaram convênio, hoje (24), para a execução do Projeto Município + Empreendedor, cujo objetivo de munir os 167 municípios do estado com uma Sala do Empreendedor. A reunião para a assinatura do termo de cooperação foi realizada, pela manhã, na Assembleia Legislativa, com participação dos dirigentes do Sebrae e o do presidente da casa legislativa, deputado estadual Ezequiel Ferreira.

“Estamos dando um passo importante para que os empresários e potenciais empreendedores de qualquer localidade do Rio Grande do Norte tenham um espaço adequado, que concentre os principais serviços para abertura, funcionamento e fechamento de empresa de forma ágil e desburocratizada”, afirma o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-RN, Itamar Manso Maciel, durante a assinatura do termo. Também participaram da reunião os diretores João Hélio Cavalcanti (Técnico) e Marcelo Toscano (Operações).

Para Ezequiel Ferreira, o projeto servirá para atender as necessidades básicas dos empreendedores de forma ágil e sem burocracia. “O projeto Município Mais Empreendedor vai dar uma grande contribuição aos 167 municípios do Rio Grande do Norte com a implantação de um ambiente voltado para a geração de negócios em cada um dos municípios potiguares”, destaca o parlamentar.

Isso porque as Salas do Empreendedor funcionam como um ambiente feito para quem empreende ou sonha empreender, seja como MEI (microempreendedor individual) ou ME (microempresa), além de ser o local ideal para dar orientação para o crédito, capacitação e auxílio técnico para fomentar o desenvolvimento.

“Essa parceria contribui bastante para que tenhamos ambientes mais favoráveis para se empreender. É uma iniciativa que valoriza o empreendedorismo e traz benefícios para milhares de empreendedores do estado. E juntamente com o Sebrae e a Assembleia, as prefeituras municipais, cumprem o papel de fomentar a livre iniciativa, criando melhores condições para as micro e pequenas empresas", afirma o diretor técnico do Sebrae-RN, João Hélio Cavalcanti.

Pelas regras do programa, cada prefeitura deverá disponibilizar um espaço físico, onde a Sala do Empreendedor será estruturada e equipada, e caberá ao Sebrae estruturá-la, adotando um modelo funcional, acolhedor e confortável, com mobiliário e equipamentos. Será de responsabilidade da prefeitura municipal a nomeação de um Agente de Desenvolvimento (AD), um articulador entre o Sebrae e os empresários.

A Sala do Empreendedor deverá estar conectada à Rede SIM, que é uma rede de simplificação, e, nela, o empreendedor terá acesso a um sistema conectado ao Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária, Tributação, Secretaria de Meio Ambiente e a Junta Comercial. Ou seja, toda uma estrutura de informação em rede de internet com esses órgãos e os canais do Sebrae, permitindo uma aproximação maior com as Agências Sebrae instaladas no interior do estado.

Tags: Assembleia Legislativa cidades do RN empreendedorismo pequeno empreendedor Sala do empreendedor Sebrae
A+ A-