Projeto de Lei visa desafogar trânsito em Natal

Sugerido por Júlio Protásio, o projeto proíbe o tráfego de caminhões nos horários críticos nas ruas mais movimentadas da cidade.

Gabriela Barreto,
Gabriela Duarte
Vereador acredita que a medida não causará grandes impactos no dia-a-dia do comércio.
De autoria do vereador Júlio Protásio (PSB), o projeto de lei que visa desafogar o trânsito de Natal nos horários de pico foi aprovado nesta segunda-feira (5) pela Comissão de Legislação e Justiça. A matéria trata da proibição do trânsito de caminhões (com peso superior a cinco toneladas) nas ruas de tráfego intenso da cidade, das 5 às 20h.

"O objetivo maior é desafogar o trânsito de ruas como a Bernardo Vieira, a Hermes da Fonseca, a Roberto Freire e a BR-101, para abrir mais espaços para carros e transportes coletivos", declarou Protásio.

O critério de definição das ruas em que o projeto de lei nº 114/2007 será aplicado, entretanto, ficará sob a responsabilidade da Autarquia Municipal de Trânsito e Serviços Públicos e de Cidadania. O prazo para tal definição é de 120 dias, contados a partir da publicação da Lei.

A audiência para discutir o projeto está marcada para o próximo dia 12 de novembro e contará com a presença de representantes da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito Urbano (STTU), do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Para avaliar o impacto que essa medida terá, em relação ao comércio da cidade, foram convidados o representante da Câmara de Dirigentes Lojistas e do Porto de Natal, além do presidente do sindicato dos comerciantes da Ceasa.

O vereador acredita que a medida não causará grandes impactos no dia-a-dia do comércio, já que em outras cidades, como em Fortaleza, a lei já vigora e funciona.

"O impacto será favorável e nós vamos nos adaptar à realidade comercial da cidade. Mas, ainda é pouco. Espero que essa iniciativa sirva como abertura para mais discussões nesse sentido", finalizou.
A+ A-