Prefeitos fazem reunião para discutir expansão da Ufersa

Municípios que poderão ser beneficiados com a criação de novos campi pedem apoio da Governadora ao projeto.

Júlio Pinheiro,
Ivanízio Ramos
Governadora tentará conseguir recursos para a viabilização das obras de ampliação da Ufersa.
Buscando angariar apoio para a expansão da Universidade federal do Semi-Árido (Ufersa), prefeitos de cidades do interior promoveram, na tarde desta segunda-feira (5), uma reunião com a Governadora Wilma de Faria (PSB) e com o reitor Josivan Barbosa, que falou sobre a necessidade da expansão da instituição.

Para a construção dos três novos campi da Ufersa em Apodi, Angicos e Pau dos Ferros são necessários aproximadamente R$ 42 milhões, sendo destinados R$ 14 milhões para cada campus. A proposta, segundo a assessoria de imprensa do Governo, será levada por Wilma de Faria ao ministro da Educação e aos parlamentares federais potiguares.

Como o processo de discussão sobre as emendas ao Orçamento Geral da União (OGU) já foi iniciado, os parlamentares podem apresentar emendas coletivas para que recursos sejam destinados às obras de construção de cada campus.

Caso as obras sejam viabilizadas, mais de 60 municípios podem ser beneficiados, haja vista que, com a constrição dos três campi, vai diminuir a distância do deslocamento dos alunos que têm que ir a estudam na Ufersa em Mossoró.
A+ A-