Prefeito de cidade do RN renuncia ao cargo dois meses após tomar posse

Lilito Monteiro passou menos de um mês à frente da Prefeitura de Rodolfo Fernandes, pois pediu licença para cuidar da saúde, após contrair a covid-19.

Da redação,

O prefeito do município de Rodolfo Fernandes, Francisco Wilton Cavalcante Monteiro, mais conhecido como Lilito Monteiro (MDB), de 50 anos, entregou ontem (3) uma carta de renúncia à Câmara Municipal do município. Ele disse que a decisão foi fruto de "uma profunda reflexão pessoal".

Em um comunicado à população, o chefe do Executivo municipal afirmou que, apesar de ter recebido a missão de "defender os interesses coletivos, a vida, a saúde e o bem-estar do povo de Rodolfo Fernandes", teme não ter os "meios financeiros, orçamentários, operacionais e humanos para cumprir essa tarefa"; e acrescentou: "Não basta o gestor ter elevado espírito público, nem ser um sonhador como eu. Precisa ter a coragem de ignorar as carências e conviver com as limitações e negações. E isto eu sei que não saberei fazer", afirmou.

Lilito Monteiro já havia pedido uma licença da prefeitura no mês de janeiro, uma vez que havia contraído a covid-19. Ele retornou ao cargo no dia 2 deste mês.

Agora, quem assume a Prefeitura de Rodolfo Fernandes, no lugar de Lilito Monteiro, é Flávio de Tico (MDB), que foi eleito vice-prefeito nas eleições 2020.



Tags: Francisco Wilton Cavalcante Monteiro Lilito Monteiro Prefeitura de Rodolfo Fernandes renúncia
A+ A-