Ministério Público investiga licitação do carnaval 2008 de Caicó

Promotor Vicente Elísio quer saber quais foram os procedimentos para a escolha da empresa que promoverá o carnaval na Ilha de Sant’Anna.

Josenildo Carlos,
Josenildo Carlos
Vicente Elísio também está preocupado com “privatização” da Ilha de Sant'Anna
O promotor substituto da Defesa do Patrimônio Público, Vicente Elísio de Oliveira Neto, pediu informações ao prefeito de Caicó, Bibi Costa (PR), sobre o processo licitatório que escolheu a empresa vencedora para promover o carnaval 2008 na Ilha de Sant’Anna. Ele requereu cópia do procedimento licitatório e do contrato possivelmente firmado com a empresa para verificar a legalidade do processo.

O promotor diz que tomou conhecimento, através da imprensa local, de que a firma vencedora foi a do empresário Godofredo Fernandes, a mesma que vem ganhando todas as concorrências de eventos realizados pela Prefeitura de Caicó. E também ficou surpreso com a declaração de um empresário de Natal, que afirmou à imprensa que sua empresa não participou de nenhuma licitação para o carnaval 2008 de Caicó.

“Também estou preocupado com informações que dão conta sobre uma possível 'privatização’ da Ilha de Sant’Anna, pois um equipamento público que custou aos cofres públicos cerca de R$ 20 milhões não pode ser entregue a qualquer um”, comentou o promotor. Ele disse que já tomou conhecimento da ação de um empresário local, que tem procurado comerciantes afirmando que a Ilha será entregue a ele, antes mesmo de haver algum tipo de licitação.

A equipe do Nominuto está em busca da posição da Prefeitura sobre o caso.
A+ A-