Henrique confirma que PMDB pode antecipar rompimento com Governo Rosalba

Saída do secretário Luiz Eduardo Carneiro da Sethas pode antecipar decisão do partido de abandonar a gestão estadual.

Marília Rocha,

A relação do PMDB do Rio Grande do norte com o Governo Rosalba Ciarlini (DEM) está cada dia mais "frágil e fragilizada". Essas foram as palavras que classificaram a relação do partido com a gestão estadual, ditas peo presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB) em entrevista ao Jornal 96, com o jornalista Diógenes Dantas nesta sexta-feira (23).

"Hoje temos uma participação no governo Rosalba muito frágil, muito fragilizada, cada dia mais, mas temos que resolver essa situação para resolver qual a estratégia e projeto próprio para 2014", comentou Henrique.

A política no Rio Grande do Norte, as pesquisas e ainda a candidatura própria do partido também foram temas abordados durante a entrevista de hoje. "Eu acho que uma pesquisa hoje não sinaliza nenhum quadro do que vai acontecer na eleição de 2014", explicou Henrique apontando que nem os candidatos estão definidos.

Os projetos em andamento no Rio Grande do Norte e os projetos que tramitam na Câmara Federal foram temas também detalhados pelo deputado potiguar. Entre os assuntos abordados, o orçamento impositivo e a votação da PEC 300.

Ouça o áudio da entrevista.


Tags: 96 entrevista henrique
A+ A-