“Estou preparado para disputar tanto o governo quanto o Senado”, diz Carlos Eduardo

Ex-prefeito de Natal afirma que é pré-candidato a governador, mas não descarta possibilidade de concorrer ao cargo de senador.

Da redação,
Gerlane Lima
Ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, durante entrevista ao Jornal 96, na manhã desta segunda-feira.

O ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), afirmou nesta segunda-feira (14), em entrevista ao Jornal 96, que é interesse da legenda, no Rio Grande do Norte, que ele entre na disputa de um cargo majoritário nas eleições de 2022. “Sou pré-candidato ao governo, mas também – não é questão de esperteza –, há uma alternativa de disputar o Senado. Como estamos a 16 meses da eleição, este é o ano buscar o diálogo e retomar os caminhos do interior”, disse.

Questionado sobre o fato de o pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, vir a atrapalhar possíveis alianças e articulações em nível estadual, Carlos Eduardo explicou que o partido tem dado liberdade aos diretórios estaduais em todo o Brasil para façam seus entendimentos de acordo com a realidade política local. “O PDT tem dado essas orientações, mas, decisão mesmo quanto às alianças, só teremos no mês de janeiro”, destacou. A legenda, a nível nacional, já marcou para o início do próximo ano um congresso para tratar das eleições majoritárias.

Carlos Eduardo destacou não ser possível apoiar a reeleição de Jair Bolsonaro. “Está difícil votar no presidente. Nós brasileiros, há mais de 130 anos, estamos em busca de uma república democrática, que se digne a isso e o que a gente vê é o presidente da República ir para a frente de um quartel general do Exército, com seus fiéis seguidores levando faixas e cartazes pregando abertamente a volta da ditadura militar, o restabelecimento do AI-5 e ameaçando fechar o STF e o Congresso. Esse tipo de comportamento que ameaça a democracia brasileira me põe completamente distante de seguir esse caminho”, declarou.

Por conta desse posicionamento, o ex-prefeito admite que ficam fechadas as portas para alianças com políticos locais que apoiam o presidente Jair Bolsonaro. “Não estou disposto a conversar com o bolsonarismo”, afirmou Carlos Eduardo. Por outra lado, o ex-prefeito admitiu que irá buscar o fortalecimento do seu partido e disse estar aberto ao diálogo com vários partidos, inclusive o PT.


Confira a entrevista:


Tags: Carlos Eduardo Eleições 2022 entrevista Jornal 96 pré-candidatura
A+ A-