Elias Fernandes é obrigado a pedir demissão do Dnocs

Diretor-geral do Departamento Nacional de Obras contra a Seca é acusado de favorecer o RN em convênios do órgão.

Gerlane Lima,
Foto: Elpídio Júnior/Nominuto.com
Elias Fernandes Neto pediu demissão nesta quinta-feira.
O diretor-geral do Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Dnocs), Elias Fernandes Neto, pediu demissão nesta quinta-feira (26), após ser acusado de ter favorecido o Rio Grande do Norte, seu estado de origem, em convênios do órgão.

"Após reunião de trabalho com o ministro de Integração Fernando Bezerra, o senhor Elias Fernandes pediu na manhã desta quinta-feira (26) exoneração da diretoria-geral do Dnocs em função da reestruturação dos quadros das empresas vinculadas à pasta. O secretário nacional de Irrigação, Ramon Rodrigues, assume interinamente o cargo", diz através de nota, o Ministério da Integração Nacional.

A mídia nacional publicou reportagens, informando a Controladoria Geral da União (CGU) apontou suposto favorecimento ao Rio Grande do Norte, nos convênios para ações contra desastres naturais. De 47 projetos, o estado teria recebido 37.

Henrique Alves divulgou, em seu twitter, que Elias Fernandes entendeu e agradeceu a conversa leal com o ministro Fernando Bezerra, o qual reafirmou absoluta confiança no trabalho realizado no Dnocs.

Ainda em sua postagem, o deputado fala que Elias lhe agradece a irrestrita solidariedade e diz ainda que o tema saiu do campo administrativo para o político.

Henrique ressalta que Elias Fernandes se diz realizado com tantas obras feitas no Nordeste e duas outras asseguradas para o Rio Grande do Norte: Irrigação do Apodi e Barragem de Oiticica.

A+ A-