Dirigente do PP em Mossoró desautoriza ex-deputado

Advogada informa que ela é quem dirige partido e não Francisco José.

Carlos Santos,
Cedida
Francisco José, ex-deputado estadual
A advogada Tâmira de Araújo (PP), presidente da Comissão Provisória do PP em Mossoró, afirma estranhar o envolvimento direto do ex-deputado estadual Francisco José (PMN) em assuntos inerentes à sigla.

Em entrevista ao Nominuto nesta segunda (5), o deputado se apresentou como "presidente do PP" no município. Não é verdade.

Thâmira é quem ocupa esse papel. "Eu não entendi a ingerência do ex-deputado, chegando a ponto de afirmar que tem carta branca para conversar sobre alianças e apoios nas eleições de Mossoró", rebate.

Nora do secretário de Esporte e Lazer de Natal, médico Nilton Figueiredo (PP), integrante do colegiado que comanda o partido no Rio Grande do Norte, Thâmira comenta não ter interesse em polemizar. Entretanto, ela intervém para "esclarecer fatos e pôr a verdade em seu lugar."
A+ A-